MINDLIN LOEB + DOTTO ARQUITETURA assina projeto do Parque de Inovação e Sustentabilidade do Ambiente Construído(PISAC)

234

Destaque

São Paulo, Setembro de 2016 – O escritório paulistano Mindlin Loeb + Dotto apresentou o projeto do que será o Parque de Inovação e Sustentabilidade do Ambiente Construído (PISAC), que ficará no campus da Universidade de Brasília (UnB) no Gama, no Distrito Federal. O PISAC é um projeto financiado pela FINEP e resultado de uma parceria entre a UnB, a Building Research Establishment (BRE) e a Câmara Brasileira da Indústria da Construção (CBIC).

mid-lob-ok
Projeto prevê mínima interferência no solo bem como a mínima supressão de elementos arbóreos. Créditos: Divulgação

Pautado em conceitos como sustentabilidade, construção industrializada e resiliência, o projeto arquitetônico tem como proposta dispor a sede do PISAC em quatro edifícios de funções distintas interligados por passarelas e edificados com a utilização de sistemas construtivos industrializados.

Atendendo a certificação BREEAM, visando o nível Excelente, o conceito do projeto está relacionado à integração ao meio-ambiente com diretrizes de mínima interferência no solo bem como a mínima supressão de elementos arbóreos. Tais diretrizes determinaram a locação dos edifícios de forma distribuída e interligada por passarelas e a suspensão das edificações em relação ao solo.

O PISAC terá a missão de fomentar inovações tecnológicas, de alto desempenho e sustentáveis, e por isso o projeto previu uma Praça de Protótipos estruturada para abrigar quinze unidades de demonstração de tecnologia com foco em habitações, edificações escolares, comerciais e de saúde, além de um Centro de Energias Renováveis, a serem construídos por meio de redes colaborativas.

Sobre Mindlin Loeb+Dotto Arquitetura

O escritório baseia a prática da arquitetura nos princípios ambientais e de identidade cultural, e desenvolve um trabalho de constante experimentação para permitir que novas soluções contribuam para uma convivência mais equilibrada e igualitária no planeta, qualquer que seja a escala do projeto.

Estabelecido em 2002 por seu fundador o arquiteto Rodrigo Mindlin Loeb, criou uma plataforma de colaborações que se iniciou com o desenvolvimento do projeto para a nova Embaixada do Irã em Brasília, projeto conceitual do arquiteto Bahram Shirdel. Associado desde 2011, o arquiteto Caio Atílio Dotto integra esta plataforma.

Em 2013 concluiu sua obra de maior relevância, a Biblioteca Brasiliana Guita e José Mindlin, desenvolvida em parceria com o arquiteto Eduardo de Almeida. Nesta obra foi responsável pelo gerenciamento técnico dos projetos e da construção, além de desenhar os interiores e peças especiais de mobiliário.

Pela Biblioteca Brasiliana recebeu com Eduardo de Almeida o Prêmio de Melhor Obra de 2013 da APCA (Associação Paulista de Críticos de Arte). A obra será uma das representantes da Arquitetura Brasileira dos últimos 100 anos no Pavilhão do Brasil da Bienalle de Veneza 2014.

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.