Deu Jacaré no Natal: Governo Federal deixa 22 milhões de brasileiros sem 13º do Bolsa Famílias

212

Dezembro, 2020 – Uma insensatez e atrocidade sem tamanho praticada pelo Governo Federal na véspera do Natal, sacrifica 22 milhões de famílias cadastradas no Programa Bolsa Família ou seja, todas os beneficiados estão sem o 13º do Bolsa Família.

O momento é muito delicado no país. O Covid-19 já matou 180 mil brasileiros(Ministério da Saúde). A pobreza,  disparou e o número de miseráveis subiu em mais de 10 milhões de pessoas(IBGE), temos outros 14 milhões de desempregados, ainda, há 2ª onda do Coronavírus está crescendo por todo os estados. Os preços dos alimentos disparam nos supermercados, gasolina ficou mais cara, o preço da conta de luz subiu, além de outros serviços de primeira necessidades estão acima da inflação.

Esconder a inflação que corrói a economia e os salários dos mais pobres, os mais ricos têm sido a linha de frente do governo Bolsonaro e Paulo Guedes. De acordo com o Cientista Político Alexandre Stoppa, o lema  do governo é: ” Paulo Guedes, está num caminho errado. Sufoca os mais pobres. Não reajustou os salários de acordo com a inflação que está alta e nem tão pouco fez qualquer medida de socorro para os mais necessitados, pelo contrário, acaba com o Auxílio Emergencial. Até agora somente os Bancos e poucas “empresas foram beneficiadas, nada mais. Podemos dizer que este governo é altamente LETAL contra os mais pobres”. “

O presidente Jair Bolsonaro, alega que não pagou o 13º por atraso do Presidente da Câmara dos Deputados, Rodrigo Maia, que por sua vez informou que a Medida Provisória  do 13º Programa, não foi paga porque o governo não quis pagar. E no final da confusão, apareceu o grande culpado, o gênio da economia Paulo Guedes, que solicitou ao Presidente da República o não pagamento do benefício alegando problemas fiscais e de previsão.

Na linha contrária do Bolsonaro e Paulo Guedes, que pregam asfixia da economia brasileira para não quebrar o Teto Fiscal (Conversa Fiada), o Fundo Internacional Mundial(FMI) orientou governos à investirem pesado nas suas economias locais. França, Alemanha, China, Reino Unido, EUA entre outros países estão aportando bilhões para salvar, vacinando suas populações e saírem do colapso econômico diversos setores produtivos. O governo da Austrália, prevendo uma catástrofe, pediu desculpas para sua população e irá disponibilizar investimentos na casa dos 65% no setor de Infraestrutura.

Enquanto isso a briga da vacina continua no  Brasil. Já falaram até que, quem tomar a vacina pode virar Jacaré.

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.