Vendas de retroescavadeiras e manipuladores telescópicos seguem na rota dos bons negócios: 2019 promete ser um ano especial para o setor.

0 1.094

Por Severian Rocha

Dezembro, 2018 – Clima otimista ocasionado pelos índices de pesquisa divulgados pela Associação Brasileira de Tecnologia para Construção e Mineração (SOBRATEMA), durante a M& T Expo 2018 – 10ª Feira Internacional de Equipamentos para Construção e Mineração, aponta crescimento substancial nas vendas de máquinas para construção e mineração já neste ano de 2018. Cerca de 40% referente aos produtos da Linha Amarela. São 11 mil novas máquinas vendidas.

M&T Expo 2018 – Afonso Mamede, presidente da SOBRATEMA. Divulgação

Os dados acima são frutos de um estudo realizado pela SOBRATEMA, para o Mercado Brasileiro de Equipamentos para Construção elaborada no período de um ano, que abrangeu outubro de 2017 até out\18. Com essa boa perspectiva, fabricantes, locadores, lojistas e clientes em geral, tiveram um gosto especial de vitória depois de um longo período de retração nas vendas que assolou o Brasil nos últimos anos.

Produtos da Linha Amarela, como retroescavadeiras aumentaram suas vendas em 51%, pás carregadeiras tiveram 42%, escavadeiras hidráulicas algo em torno de 30%. Entre outras categorias de equipamentos, o destaque ficou por conta das Plataformas aéreas que ascendeu um crescimento de 43%.  Já Manipuladores telescópios, caminhões, tratores de pneus, guindastes, compressores portáteis tiveram crescimento de 25%.

Os números da SOBRATEMA apontam também que o aumento nas vendas de equipamentos foram impulsionados pela promoção de um número maior de licitações públicas, concessões e, pela estabilidade de outros segmentos nos quais são vendidas  máquinas utilizadas pelo setor de construção.

Segundo Marcelo Bracco – Diretor geral da – Manitou Brasil e América Latina -, apesar do faturamento da empresa francesa dobrar este ano de 2018, especialmente na comercialização de equipamentos como manipuladores telescópicos a cautela ainda persiste, principalmente com relação a entrada de novos produtos como retroescavadeiras por exemplo.  .“O mercado brasileiro para retroescavadeiras é muito profissional. Então, queremos entrar no momento certo, com produto certo, na condição comercial certa e realmente com suporte técnico ao cliente muito forte. Por isso estamos analisando com carinho o momento de entrarmos com as retroescavadeiras no mercado brasileiro”.

Com uma perspectiva mais particular, o executivo Luciano Rocha, Gerente geral de Vendas e Marketing da Komatsu comentou do balanço da participação no M&T Expo. “Nosso estande esteve sempre cheio de clientes e receber esse tanto de visitação nesta época do ano foi surpreendente. Foram clientes realmente interessados em prospectar a compra de equipamentos. A M&T Expo vem sendo uma ferramenta muito importante na divulgação e fortalecimento da marca no mercado brasileiro”, disse o executivo.

Afonso Mamede, presidente da SOBRATEMA, entidade que há anos promove no Brasil diálogos, feiras e soluções para o desenvolvimento tecnológico do setor de construção e mineração e, difundi conhecimentos e novas perspectivas do mercado nacional de máquinas e equipamentos comenta sobre o sucesso das vendas na M&T Expo 2018: ”O sucesso do evento ratifica sua relevância como fonte de geração de negócios para os expositores fomentando a competitividade, o desenvolvimento econômico-financeiro e tecnológico de todo o setor da construção e mineração.  Certamente, o evento contribui para esse bom resultado esperado. Reforçando dessa maneira, a função exercida em edições anteriores, quando ajudou a reverter os reflexos da crise econômica pelo qual o Brasil passou”, enfatizou Mamede.

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.