Veículos pesados: Novo caminhão da Scania chega ao setor de mineração e construção

As 55 toneladas líquidas o tornam a melhor alternativa de redução de custos operacionais e aumento de produtividade

143

Setembro de 2020 A Scania apresenta ao mercado seu novo veículo de configuração 10×4, o único da indústria nacional. O Scania G 540 10×4/6 XT Heavy Tipper chega para ser o caminhão mais próximo da linha amarela na capacidade de carga líquida (até 55 t), com Opex (despesas operacionais) e Capex (despesas de capital) muitos menores, custo total de operação (TCO) muito mais competitivo, além de maior versatilidade na atividade, o que se traduz em aumento de produtividade. Todos os componentes, por exemplo, trem de força, eixos e tecnologias embarcadas são 100% Scania.

“A Scania investe globalmente há muitos anos no desenvolvimento de caminhões fora de estrada. Eles já nascem com DNA 100% vocacionais para o off-road. Por não serem adaptados tornam a operação do cliente mais eficiente”, explica Silvio Munhoz, diretor de Vendas de Soluções da Scania no Brasil. “A linha vocacional off-road XT estreou com a Nova Geração, em 2018. Seu amplo portfólio é sucesso absoluto na redução do custo operacional do cliente. Chegou a hora de lançar o produto de maior capacidade de carga do mercado e que traz a melhor solução na comparação com a linha amarela.”

SCANIA G500 10X46 – TSL TRANSPORTES. Divulgação

Produzido com componentes ainda mais robustos do que os demais membros da linha XT, o G 540 10×4 Heavy Tipper foi desenvolvido para atender as demandas mais severas da mineração e da construção pesada (que compõe as grandes obras de infraestrutura: hidrelétricas, por exemplo).

“Apesar da pandemia, o ano de 2020 manteve o segmento da mineração estável, aquecido e propiciando grandes negócios para a Scania. Já as grandes construções vêm sendo retomadas gradativamente pelas iniciativas pública e privada”, conta Munhoz. “Agosto foi o melhor para nós numa mensuração dos 30 últimos meses de vendas de produtos da gama off-road, com mais de 350 unidades comercializadas. Portanto, seguimos confiantes no potencial desses dois mercados para os próximos anos.”

Vocacional para revolucionar o mercado
O Scania G 540 10×4 chega para ampliar a gama XT Heavy Tipper, formada até então pelos modelos 6×4 e 8×4 (um dos mais vendidos da marca). O G 540 10×4 salta das atuais 44 toneladas de capacidade de carga líquida do Heavy Tipper 8×4 para até 55 toneladas, aumentando consideravelmente sua produtividade. Dessa forma, o peso bruto total (PBT) sobe para insuperáveis 69 t. “Os concorrentes oferecem no máximo 35 toneladas de carga e 50 t de PBT. A Scania está inovando o mercado mais uma vez e vai superar as expectativas dos clientes”, salienta Fabricio Vieira, gerente de Soluções Off-Road da Scania no Brasil. “Ainda em comparação aos 8×4 competidores, o Scania 10×4 possibilita até 15% de redução no custo por tonelada, pois são necessários menos veículos para movimentar a mesma carga.”

SCANIA G500 10X46 – TSL TRANSPORTES. Divulgação

Para tracionar este super-caminhão sob a cabine se encontra o estado da arte em motorização, com tecnologia XPI de injeção de combustível em alta pressão, 540 cavalos de potência e 2.700Nm de torque. O propulsor da Nova Geração também tem a vantagem de economizar, no mínimo, 8% de combustível em comparação à gama anterior.

O Scania G 540 10×4 XT Heavy Tipper foi desenvolvido e dimensionado com o que há de melhor para enfrentar os desafios da mineração e dos canteiros de grandes obras nas mais adversas condições de operação.

Linha XT: um novo off-road torna a operação ainda mais vocacional
Para os segmentos fora de estrada (canavieiro, madeireiro, construção e mineração) a Nova Geração de caminhões oferece as cabines P, G e R com a linha vocacional XT. Há opções de alturas de teto diferentes, eixos e suspensões de molas ou pneumáticas adequadas a condições extremas, freio de estacionamento elétrico e soluções adaptadas para cada aplicação.

Para os segmentos da mineração e construção pesada, tanto para o transporte dentro e fora das operações, a Scania oferece uma ampla gama de soluções, no seu portfólio, com as mais variadas opções de carga para maximizar a produtividade, a disponibilidade e com o menor custo por tonelada transportada. As potências vão de 220 a 620 cavalos e os torques de 1.000 a 3.000Nm. Já as trações disponíveis são 4×2, 4×4, 6×4, 6×6 e 8×4. E, agora a 10×4. Os veículos podem ser plataforma (chassi rígido) e cavalo mecânico.

Scania: história de vanguarda e inovações no segmento fora de estrada
Em 1999, a Scania apresentou o primeiro caminhão 8×4 do mercado brasileiro, que fazia parte da Série 4 e tinha 360cv. Já em 2007, outro pioneirismo foi o lançamento, justamente, da tração 10×4, integrante das Séries P, G e R, gama anterior à Nova Geração. Em 2012, a Scania introduziu a nova geração off-road das Séries P, G e R. Nova grade, novo ângulo de ataque, mais opções de equipamentos de série e opcionais, foram exemplos das novidades.

Em 2017, a Scania inovou ao lançar a gama Heavy Tipper, com as versões 6×4 e 8×4. Em 2018, a linha vocacional XT chega com a Nova Geração de caminhões. Além de, ao longo dessas últimas décadas, também avançar em serviços. Foi a primeira a modernizar o atendimento ao setor com a construção de uma filial de concessionária numa mina (Serviços Dedicados – para agilizar todo o processo), na criação de um programa de manutenção personalizado e ao colocar na operação confinada um contêiner de peças e ferramentas.

Fonte: Imprensa/SCANIA

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.