Varejo: Um terço do faturamento na construção civil vem dos produtos básicos

0 512

Redação – Jornal da Construção Civil 

Outubro, 2019 – O Juntos Somos+, – programa de fidelidade focado no desenvolvimento e digitalização do varejo da construção civil -, que conta com mais de 57 mil lojas cadastradas em todo o Brasil, afirma que houve um aumento de mais de 50% na participação de varejistas do setor. A empresa percebeu que aproximadamente um terço do faturamento das lojas do varejo da construção é derivado da venda de materiais básicos como cimentos, tubos e aço.

Esses insumos compõem outra estatística, segundo dados fornecidas pelo Sinduscon, os materiais de obra são responsáveis por quase 40% do gasto médio com o metro quadrado das construções civis no Brasil. Outros 56% são destinados a gastos com mão de obra e cerca de 4% vão para despesas administrativas, projeto e aluguel de equipamentos.

A Juntos Somos+, empresa detentora do maior programa de fidelidade do varejo da construção civil e do maior marketplace do setor, utiliza o Sistema de Inteligência de Mercado (SIM), que fornece resultados gratuitos para os participantes deste programa.

Para Eduardo Zaidan, vice-presidente de economia do Siduscon-SP o crescimento da construção civil passa muito mais pelo setor informal do que pelas construtoras. “ O varejo da construção civil, que conta com cerca de 140 mil lojas em todo o Brasil e movimenta mais de R$ 100 bilhões por ano, é um dos principais vetores de recuperação da economia neste período”, afirma.

Fonte; Imprensa/ Juntos Somos +

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.