Time do Itaboraí em busca do acesso à Série A

271

Fundada em 20 de julho de 1976, a Associação Desportiva Itaboraí, que hoje lidera a 2ª divisão do Campeonato Carioca, já foi vice-campeã do extinto Campeonato Fluminense e, desde 2014, segue uma trajetória de sucesso. Em 2015, sagrou-se campeão da Série C e agora, no ano em que completa 40 anos, o objetivo é alcançar a elite.

Sob o comando do técnico Luiz Antônio, o Itaboraí se encontra nas semifinais da Taça Santos Dumont – o primeiro turno da série B do Carioca.O Itaboraí, fechou uma parceria com a Prefeitura do município, que cede o estádio Alziro de Almeida, o Alzirão, para os seus jogos. O estádio foi o único a estar com todos os laudos em dia antes da temporada começar.

ITABORAI
Estádio lotado para torcer para o Itaboraí, rumo a elite do futebol carioca. Foto: Sandro Giron

Planejamento

Uma das primeiras equipes a iniciar a pré-temporada, o Itaboraí também manteve a base do elenco da última temporada e realizou contratações certeiras, como a do treinador Luiz Antônio, a principal característica do clube é o planejamento.

A presidência do Itaboraí ​faz questão de ​acompanha​r​ de perto todo o trabalho do clube​, dando todo o suporte necessário para que o crescimento continue​. Além de Luiz Antônio, também foi contratada uma comissão técnica digna de Série A, formada por dois preparadores físicos, dois preparadores de goleiros, dois fisiologistas, dois auxiliares, um analista de desempenho, dois roupeiros, dois fisioterapeutas e um médico.

Morador da cidade, o zagueiro Fabão é um dos que mais sentem a responsabilidade de chegar à Série A e se surpreendeu com o apoio do município.

“No começo, as pessoas ficaram em dúvida sobre o time. Ninguém sabia se ia dar certo ou não, então eram poucas que iam até o estádio, além da torcida. Agora, a cidade está respirando futebol. Os moradores já sabem que dia de quarta-feira é dia de Alzirão.”

O atacante Welber Almeida, um dos nomes que chegaram nessa temporada, já encontrou seu espaço no clube. Ele se tornou o artilheiro da equipe, com 5 gols.

“Esse momento está sendo muito bom para mim. Fui muito bem recebido aqui, o grupo é entrosado e isso ajuda muito dentro de campo. Espero melhorar sempre, pra que a gente alcance o acesso.”

Conhecidos como roceiros, os integrantes da Legião Azul não medem esforços para ver o Azulão jogar. Presentes em todos os jogos do time, a torcida costuma lotar o Alzirão em dia de jogo. Macario Gomes acompanha o time desde 2014, ano em que viu o acesso bater na trave contra o São Cristovão.

“Eu torço pela cidade, não só pelos jogadores. O meu orgulho é ser itaboraiense e termos um time de futebol tão em evidência no momento.”, afirmou o jovem.

Fonte: ASCOM/Prefeitura de Itaboraí-RJ

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.