Sobratema estima crescimento de 25% nas vendas de equipamentos da linha amarela em 2021

182

Julho, 2021 – A Associação Brasileira de Tecnologia para Construção e Mineração (Sobratema) estima um crescimento de 25% nas vendas de equipamentos da linha amarela (movimentação de terra) em 2021, alcançando um patamar superior a 24 mil unidades comercializadas. Contudo, esse número pode chegar a 30 mil máquinas, caso as vendas para o poder público sejam efetivadas até o final do ano.

Com isso, além de superar as estimativas divulgadas pelo Estudo Sobratema do Mercado Brasileiro de Equipamentos para Construção em novembro do ano passado, há a possibilidade de o mercado atingir valores muito próximos aos melhores índices de comercialização obtidos no início da década passada. As informações foram anunciadas no Webinar Sobratema Atualização das Tendências no Mercado da Construção, promovido no dia 22 de julho.

De acordo com o consultor Mario Miranda, coordenador do Estudo de Mercado, esse aumento acima da expectativa está alinhado à oferta e ao volume de negócios das construtoras, locadoras e dealers. Para 80% das empresas, a demanda real está igual, esperado ou maior do que esperado neste ano, bem como o volume real de negócios está melhor, muito melhor ou igual ao esperado.

Em termos de precificação do mercado, Miranda calculou que esse volume de vendas equivale a cerca de R$ 14 bilhões, o que representa um crescimento de 27% diante do valor de 2020 (R$ 11,2 bilhões), na linha amarela. “É importante lembrar que essa estimativa mede não apenas o aumento da demanda, mas também a majoração dos preços dos equipamentos no mercado nacional, que receberam ajustes devido à elevação de custos de componentes, insumos e matérias-primas e a variação cambial”, explicou.

Para Miranda, o mercado de máquinas está em um crescimento sustentável desde 2018, o que resulta em um melhor planejamento de negócios e investimentos por parte das empresas. Entre os setores que mais impactam positivamente o setor estão o agronegócio, a mineração, a construção e a locação.

Em sua apresentação no Webinar Sobratema, o consultor ainda mostrou outras informações positivas, como a média ponderada da frota parada que vem diminuindo desde 2017. Neste ano, esse índice está em 22%, ou seja, 9 pontos percentuais menor do que 2020. Ele também tratou dos desafios do setor neste período, que inclui a variação de preços das máquinas, a disponibilidade desses equipamentos e o crédito.

Nesse sentido, o consultor Yoshio Kawakami avaliou que o câmbio interfere nessas questões, uma vez que 40% dos custos para a fabricação da máquina envolve algum tipo de importação.  “Alguns componentes já estão afetando os setores de forma global, como por exemplo, a escassez de chips. No setor automotivo, por exemplo, o mesmo chip é usado em um carro econômico e em um automóvel de luxo, e a preferência vai para o produto de maior valor”, disse Kawakami, que também citou a questão do aço, cujo o produto importado da China voltou a ser mais barato do que o nacional.

Webinar Sobratema Atualização das Tendências no Mercado da Construção também contou com a palestra do economista Luís Artur Nogueira, que trouxe uma análise do panorama econômico global, que deverá apresentar um crescimento médio de 6% neste ano, após uma queda de 3,6%.

No caso do Brasil, Nogueira apresentou os prós e contras para a economia nacional e refletiu que, ao colocar esses fatores em uma balança, a expectativa é de crescimento econômico nos próximos anos (4,5% em 2021 e 3% em 2022), a depender de algumas premissas, como a vacinação, a ajuste fiscal, as reformas e a estabilidade institucional.

Ele também citou as medidas importantes implantadas ao longo da pandemia, como a volta do auxílio emergencial, o adiamento no pagamento dos impostos (Simples), a flexibilidade nas leis trabalhistas e o esforço de crédito para pequenos empreendedores. Por fim, ele opinou que a pandemia ressaltou as desigualdades entre países ricos e nações mais pobres, entre grandes e pequenas empresas, entre trabalho formal e informal, entre setores e na área educacional.

O Webinar Sobratema foi moderado por Eurimilson Daniel, vice-presidente da Sobratema, e teve as boas-vindas do engenheiro Afonso Mamede, presidente da Sobratema, seguida pela mensagem de Rafael Rinaldi, gerente de Projetos da Messe Muenchen do Brasil, que reforçou a realização da Smart.Con, nos dias 25 e 26 de abril de 2022, e da M&T Expo, entre 30 de agosto e 2 de setembro de 2022. O evento online pode ser reassistido no Canal do Youtube da Sobratema e teve o patrocínio de JLG, John Deere, Komatsu, Atlas Copco, New Holland Construction e Volvo.

 

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.