São Luís (MA) sediará reunião da Comissão da Indústria Imobiliária nesta sexta-feira

220

Estágio atual do programa Minha Casa Minha Vida e do Pacto sobre Distratos, Decisão do Superior Tribunal de Justiça (STJ) sobre Corretagem Apartada e o Código Florestal. Estes serão alguns dos temas que serão debatidos durante a reunião da Comissão da Indústria Imobiliária da Câmara Brasileira da Indústria da Construção (CII/CBIC), que será realizada em São Luís (MA), na sexta-feira, 24 de junho. 
CBIC SAINTO evento ocorrerá das 9h às 17h no Grand São Luís Hotel, no Centro Histórico, e reunirá cerca de 60 integrantes da Comissão, vindos de várias cidades do país; o presidente da CBIC, José Carlos Martins; o presidente da CII/CBIC, Flávio Prando; empresários da construção civil e representantes do governo do Maranhão e da Prefeitura de São Luís. A organização é da CBIC e do Sindicato das Indústrias da Construção Civil do Maranhão (Sinduscon-MA).

De acordo com o presidente em exercício do Sinduscon-MA, Edmilson Pires, São Luís como sede da reunião da CII/CBIC dará grande visibilidade à cidade, pois reunirá os membros da importante Comissão em um momento de transição crucial para o Brasil, quando a população espera por melhoras significativas e o país volte a crescer. “A construção civil tem um papel fundamental na economia e para o crescimento do país, principalmente em relação ao setor habitacional. E esta reunião ocorrerá em um momento mais do que oportuno, pois dela podem sair boas contribuições que chamem atenção da sociedade e ajudem no maior desenvolvimento do país”, avalia.

Durante a reunião, também haverá a apresentação da Seguradora AXA e do produto Riscos de Engenharia da CBIC; uma Rodada de Mercado Consolidação Pesquisas; e debate sobre Código Florestal. O presidente da CBIC, José Carlos Martins, também participará da reunião para apresentar o tema Projetos da CII realizados pelo Convênio com o Senai, no início da tarde.  O tema “Estágio Atual do Minha Casa Minha Vida (MCMV)” será apresentado por José Carlos Martins, Flávio Prando e Carlos Henrique Passos. 

Fonte: Boletim CBIC
 

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.