Sanepar e agência alemã disponibilizam documento sobre produção de biogás

212

Material foi produzido por especialistas brasileiros e alemães que participaram de evento em Curitiba

Novembro, 2016 – As principais discussões feitas por especialistas brasileiros e alemães na área de produção de biogás a partir de estações de tratamento de esgoto (ETEs) estão disponíveis no site da Companhia de Saneamento do Paraná (Sanepar). O documento que reúne os estudos é resultado do 4.º Workshop Internacional Aproveitamento Energético de Biogás de ETEs, que ocorreu em julho de 2016, em Curitiba.

sanepar

A importância do tema está no fato de o biogás ser uma fonte renovável de energia e seu uso contribuir para minimizar emissões de gases indutores do efeito estufa, vindos do tratamento de esgoto e/ou de lodo. O uso do biogás também pode reduzir custos na operação de serviços de saneamento, sejam eles associados à energia elétrica ou à gestão de lodos e escumas. “Queremos que cada vez mais sejam encontradas soluções para a melhoria da gestão dos processos de tratamento de esgoto e dos gases de efeito estufa”, diz o diretor de Meio Ambiente da Sanepar, Glauco Requião.

O documento disponível no site da Companhia apresenta casos práticos do uso do biogás, estudos sobre sua eficiência energética, viabilidade econômico-financeira, potencial de produção a partir das ETEs e o contexto do setor de tratamento de esgoto. “A Sanepar tem acompanhado de perto essas discussões e participado fortemente na busca de soluções de menor impacto ambiental para seus processos internos”, afirma o gerente da área de pesquisa da Sanepar, Gustavo Possetti. Segundo ele, o Resumo Técnico é um material relevante para todos os atores do setor de tratamento de esgoto, de gestores a técnicos, e também para os que atuam no setor de energia.

“Discussões e pesquisas são fundamentais para que os serviços de tratamento de esgoto possam operar com maior eficiência energética e de forma mais sustentável. É muito importante que o setor continue pesquisando, discutindo tecnicamente e aplicando estes conhecimentos em seus projetos e nos sistemas de tratamento de esgoto em operação ou a serem implementados”, conta.

INICIATIVA – O 4.º Workshop foi realizado pelo Projeto Brasil-Alemanha de Fomento ao Aproveitamento Energético de Biogás no Brasil (PROBIOGÁS) e pela Sanepar, com apoio da Associação Brasileira de Engenharia Sanitária e Ambiental – Seção Paraná (Abes-PR). O PROBIOGÁS é desenvolvido por meio da Secretaria Nacional de Saneamento Ambiental do Ministério das Cidades, e o governo federal alemão, por meio da Agência Alemã de Cooperação Internacional GIZ (Deutsche Gesellschaft für Internationale Zusammenarbeit). O programa busca ampliar o uso energético do biogás em saneamento básico e em iniciativas agropecuárias e agroindustriais, inserir o biogás e o biometano na matriz energética nacional e, por conseguinte, contribuir para a redução de emissões de gases indutores do efeito estufa.

Os palestrantes principais pelo governo alemão foram Hélinah Moreira (GIZ), Dr. Fábio Pressinotti (Dahlem), Dr. Klaus Nelting e Dr. Niklas Trautmann (Netra), Victor Valente (KfW). Entre os palestrantes brasileiros, Dr. Gustavo Rafael Collere Possetti (Sanepar), Dr. Carlos Chernicharo (UFMG), Dr. Christoph Platzer (Rotaria do Brasil), Dr. Claudio Souza e Emanuel Manfred Brandt (UFMG), Sebastian Rosenfeldt (Rotária do Brasil), André Luis Zeni (Copel) e Elson Costa Gomes (Fundação Parque Tecnológico Itaipu), Luciano Fedalto (CSBioenergia), Ivan Cionek (Vetorlog) e Renato Takahashi (SeMAE – São José do Rio Preto).

A próxima edição do Workshop Internacional deve ocorrer em 2017.

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.