Rejeitos de barragem em Mariana/MG contaminaram corais em Abrolhos, na Bahia

Zinco, cobre e outras substâncias deverão afetar toda a vida marinha na região

0 142

Fevereiro, 2019 – Pesquisa divulgada pela Universidade do Estado do Rio de Janeiro (Uerj) aponta que corais do Parque Nacional dos Abrolhos, localizado no Sul da Bahia, “sofreram impactos significativos” dos rejeitos de minério da barragem de Fundão, que se rompeu em Mariana (MG), em 2015. Segundo os pesquisadores, “o dano é irreparável, devido à extensão atingida”.

Localizado a uma distância de 250 km da costa, Abrolhos, segundo a pesquisa, apresenta zinco e cobre, entre outros elementos. O parque marinho abriga mais de 1/3 de toda a biodiversidade marinha global conhecida e é considerado o recife de corais mais importante do Atlântico Sul.

A WCS Brasil, instituição que atua no Brasil há 16 anos com a preservação e conservação da biodiversidade, está à disposição para comentar como a contaminação dos corais pode afetar a vida dos peixes e outras espécies marinhas.

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.