Rechuan apresenta propostas de investimentos à concessionária NovaDutra, durante audiência pública

266

O prefeito de Resende-RJ, José Rechuan participou ontem, na sede da Associação Comercial do Rio de Janeiro, de uma audiência pública organizada pela Agência Nacional de Transportes Terrestres (ANTT).

O encontro contou com a presença de prefeitos e lideranças políticas de vários municípios fluminenses. O objetivo foi ouvir propostas para novos investimentos no contrato da concessionária NovaDutra, responsável pela BR-116 (a Rodovia Presidente Dutra), previstos no Plano de Investimento e Logística, cujo valor estimado, segundo estudos, podem chegar a R$ 3,4 bilhões.

Uma das propostas apresentadas por Rechuan prevê a construção de mais duas passarelas em Resende, sobre a Via Dutra – uma próxima à UERJ (Universidade do Estado do Rio de Janeiro), e outra na região das Barras, interligando os bairros Fazenda da Barra I e Fazenda da Barra II. O prefeito solicitou, também, a duplicação do viaduto localizado na altura do Km 305 da rodovia, e a construção de duas marginais: ligando São Caetano a Penedo, e Engenheiro Passos a São Pedro.

Prefeito Rechaun apresentou propostas de investimentos à concessionária NovaDutra, durante audiência pública. Foto: Fabio Monteiro

Outra sugestão apresentada pelo prefeito é com relação à iluminação da Via Dutra, para se oferecer melhores condições de segurança aos usuários. “Trata-se de uma medida necessária, facilmente percebida por todos, em trechos como a saída da Estrada de Bulhões, por exemplo”, salientou. Ainda com relação à segurança, Rechuan entende que a reativação do posto da Policia Federal no percurso da Dutra que corta Resende será extremamente relevante no combate ao tráfego de drogas, favorecendo todo o Estado do Rio. “Além de todos estes benefícios, a realização destas obras abrirá novos postos de trabalho, num momento de dificuldades pelo qual muitas famílias vêm atravessando”, citou.

Ele também não tem dúvidas de que a implantação de um acesso bem sinalizado à ponte do Acesso Oeste (que liga à Estrada Parque), “além dos grandes benefícios que trará para motoristas e pedestres, por onde chegam várias vítimas de acidentes registrados ao longo da Dutra, em busca de atendimento no Hospital Municipal de Emergência, a medida contribuirá para o desenvolvimento comercial, turístico e de serviços daquela região”.

Durante sua fala na audiência pública, o prefeito apresentou outras duas solicitações à NovaDutra, para facilitar a vida de moradores de Resende e cidades vizinhas: que a concessionária se aproprie de um plano de trabalho mais desburocratizado, envolvendo a ANTT e os próprios municípios, para que serviços como pavimentação e iluminação ganhem agilidade; e a mudança imediata da praça de pedágio do ponto atual para a divisa entre Rio e São Paulo, para que haja uma melhor integração entre Resende e Itatiaia.

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.