Programa federal sobre gás natural inicia nova dinâmica do mercado nacional

Com o decreto, ABiogás reforça dados potenciais por região e abre debate no VI Fórum do Biogás, em São Paulo

0 586

Setembro, 2019 – O Novo Mercado de Gás, como ficou conhecido o decreto do Governo Federal publicado em julho, propõe uma série de medidas que vão tornar o mercado de gás natural mais competitivo, visando baratear o custo para o consumidor final. Diante deste cenário, a Associação Brasileira do Biogás (ABiogás) promove, em São Paulo, nos dias 31 de outubro e 1º de novembro, o VI Fórum do Biogás, o maior evento do setor na América Latina. O objetivo é abordar diversas questões do setor, entre elas o papel do biogás dentro dessa nova dinâmica, além do posicionamento de empresários e pesquisadores para garantir uma maior participação do biogás na matriz energética brasileira.

A região Sudeste poderia produzir 46% do potencial nacional em produção de biogás. Segundo dados da Associação Brasileira de Biogás (ABiogás), na região, que produz 38,4 bilhões/Nm³ de resíduos orgânicos por ano, o setor que mais se destaca é o sucroenergético, com uma produção anual de 26,5 bilhões, seguido por combustível (20,4 bi) e agropecuário (8,7 bi). O Brasil é considerado o país com o maior potencial energético do mundo em biogás com produção: 84,6 bilhões Nm³/ano, divididos entre saneamento (7%), resíduos sucroenergético (48%) e resíduos agroindustriais (45%). Esse potencial tem capacidade de suprir quase 40% da demanda nacional de energia elétrica ou substituir 70% do consumo de brasileiro de diesel.

O VI Fórum do Biogás tem como principal objetivo a inserção definitiva do biogás e do biometano na matriz energética brasileira. Além de reunir em um só lugar representantes do governo e de todos os setores da cadeia de valor do biogás o evento promove o networking, a troca de conhecimento e o fomento de novas parcerias.

Mais informações e inscrições no site da ABiogás: https://abiogas.org.br/

Fonte: Imprensa/ABIOGÁs

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.