Por que dolarizar investimentos com imóveis nos EUA?

0 158

Imóveis

Setembro, 2016Os preços de liquidação de casas e apartamentos nos Estados Unidos já ficaram para trás, desde a crise do subprime, em que o saldão dos imóveis despertou o interesse dos brasileiros, mas ainda é um ótimo negócio investir em propriedades imobiliárias na terra do Tio Sam, principalmente se comparar seus preços aos de grandes metrópoles brasileiras, como São Paulo e Rio de Janeiro. É o que afirma a consultoria imobiliária Elite International Realty, sediada em Miami e comandada por dois brasileiros.

Comprar nos Estados Unidos significa dolarizar investimentos e não é tão complicado como muitos imaginam. Com um visto de turista e passaporte válido, é possível ingressar no país, escolher um imóvel e fechar negócio. Os passos seguintes serão abrir uma conta em algum banco americano e consultar com um advogado a melhor estrutura para a aquisição. A abertura de uma empresa que terá a propriedade do imóvel é uma possibilidade a se considerar.

“O processo de abrir e fechar empresas é muito fácil e rápido por aqui. Em um dia está concluído”, explica Daniel Ickowicz, sócio da Elite International Realty.

É recomendável abrir uma empresa em nome próprio e da família para fugir da elevada taxação sobre heranças nos EUA. A tributação sobre a transação imobiliária e o custo do registro saem por 2% a 3% do valor da propriedade – algo parecido com o que é cobrado por cartórios e prefeituras no Brasil.

Os impostos serão mais pesados apenas sobre o ganho de capital obtido quando a propriedade for vendida – o que também é semelhante ao que ocorre por aqui.
Algumas comparações de preços de imóveis em Miami, São Paulo e Rio de Janeiro:
Um Imóvel de 4 dormitórios e 300 m2, na Av. Vieira Souto, em Ipanema, no Rio de Janeiro, custa aproximadamente R$ 15.000.000. Na Collins Avenue, na praia de Sunny Isles Beach, pé na areia, em Miami, é possível encontrar apartamento de 3 dormitórios e 272 m2, por US$ 2,475,000 – algo em torno de R$ 8.167.500, considerando o dólar a R$ 3,30.

O residencial Marin Ranches Living apresenta casas de aproximadamente 400m², 4 a 7 dormitórios, 4 banheiros e 3 vagas de garagem, piscina, campo de golfe e se localiza próximo a pontos turísticos de Miami e boas escolas, por U$700.000,00.

Já o condomínio Osprey Preserve Living conta com casas 3 a 4 dormitórios. Possui sala de ginástica e piscina e fica dentro de um resort, por U$400.000,00.
O preço médio do metro quadrado da cidade de São Paulo é de R$ 8.243. Um apartamento em endereço nobre como a Rua Oscar Freire, de 300m², 3 dormitórios, pode ser encontrado pelo valor de aproximadamente R$ 12.500.000, ou US$ 3,787,878, considerando o câmbio acima.

Os compradores estrangeiros reconhecem que possuir uma casa nos EUA traz muitos benefícios, tanto financeiros quanto sociais. Muitos compram propriedades como residência de férias ou para diversificar o portfólio de investimentos.

Mais informações: www.eliteinternational.com

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.