PIB Fraco: “Precisamos dos investimentos públicos para o Brasil crescer e se desenvolver, diz Rodrigo Maia

0 293

Da Redação – Jornal da Construção Civil 

Março, 2020 – Após o IBGE divulgar o resultado do PIB fraco de 1,1% em 2019 o presidente da Camara dos Deputados Rodrigo Maia saiu da toca  e esbraveou sobre o resultado dos números da economia nacional ruim no ano passado e cobrou a volta da participação do estado nos  investimentos públicos para o Brasil voltar a crescer e se desenvolver.

“”A grande mensagem [desse resultado] é que a participação do Estado será sempre importante para que o Brasil possa crescer e se desenvolver”, afirmou Rodrigo Maia.

Não foi dessa vez que o país saiu do clima de recessão que ainda assola o setor econômico brasileiro. Há quatro anos só se fala no Brasil em cortar, fechar, demitir, privatizar, meta fiscal, cortar, enxugar, diminuir e etc…. o resultado: uma retração acima do normal. Lógico que também fatores internacionais ajudam o clima de instabilidade econômica ruim, como Coronavírus, guerra comercail entre China e EUA, Europa com crescimento econômico pífio, Bolsa em queda e dolár em alta, Bolsonaro ameacando invadir e fechar o congresso……… Toda essa miscelânea faz do mundo, neste ano de 2020, uma incógnita.

De positivo do PIB de 2019, quando se separa os setores  produtivos individualmente, a Construção Civil,  após 5 anos parada, cresceu 1,6%, segundo dados do IBGE. Lembrando, que temos cerca de 7 mil grandes obras paralisadas por todo o Brasil.

De acordo com alguns setores empresariais, setoriais e economistas a solução para o Brasil é o próprio Brasil, o mercado interno brasileiro é gigante e pulsante, afirmam muitos empresários.

Faltam hoje no país mais de 1,5 milhão de habitações populares. O Saneamento batendo na porta por investimentos, o setor de energia renováveis clamando por ajuda e as PPI´s  em compasso de tartaruga.

Fonte: Câmara dos Deputados Federais

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.