Pacto do Rio vai inaugurar escritório em Manguinhos

180

O Pacto do Rio vai inaugurar seu primeiro Escritório da Cidadania em Manguinhos. O acordo para o início do projeto foi assinado nesta quarta-feira, 13, na Associação Comercial, entre o Pacto, o Icatu Seguros e o Instituto de Engenharia de Gestão (IEG), durante a realização do I Fórum de Sustentabilidade do Rio.

PAC
15 jovens moradores de Manguinhos serão Agentes da Cidadania. Créditos: Pacto do Rio

O acordo prevê a capacitação de 15 jovens moradores de Manguinhos, entre 16 e 24 anos, como Agentes da Cidadania. Eles terão uma formação em Cidadania, Inovação e Empreendedorismo pelo IEG e receberão uma bolsa mensal para estudar e atuar como mobilizadores na região. “Realizamos um diagnóstico com os jovens participantes, buscando identificar lacunas emocionais e profissionais. Vamos utilizar a metodologia Master in Life que busca empoderar estes agentes”, destacou Rodrigo Lang, sócio-fundador da IEG. “

Para Thaianny Christine, 21 anos, estudante de pedagogia e uma das agentes de Manguinhos, a experiência é uma oportunidade de ajudar a transformar a dinâmica de sua comunidade. “Ao aprofundar meu interesse no projeto conheci o trabalho de um agente transformador . Estou animada em ajudar a promover mudança”. Em paralelo, será implantada uma Agência de Projetos para estimular o empreendedorismo local, que já conta com o apoio da Secretaria de Estado de Esporte, Lazer e Juventude. O Pacto já está levantando os principais projetos em execução na comunidade para articular parceiros privados e buscar patrocínio para as iniciativas já existentes.

Os jovens Agentes da Cidadania também atuarão como multiplicadores na região contribuindo com as ações locais e, ao mesmo tempo, aprendendo a empreender o seu próprio projeto de vida. “Ao longo deste ano eles também terão que construir o seu Projeto de Vida, além de projetos sociais, ambientais ou de negócios para a região. Vão atuar como ponte para a região e ao mesmo tempo saem enriquecidos da experiência, aprendem a inovar e a empreender”, explicou a filósofa Viviane Mosé, co-fundadora do Pacto.

Outra meta estabelecida pelo projeto é a reforma da “Casa das Mulheres”, também na comunidade. “Em setembro abriremos esta porta em Manguinhos. Queremos fazer lá um quadrado estruturado, organizado e com serviços”, comentou Viviane.

O I Fórum de Sustentabilidade está reunindo especialistas de instituições internacionais, academia, empresas e autoridades públicas para discutir cenários sustentáveis para a cidade. Entre os objetivos do encontro está a assinatura de acordos com participação público e privada em diversos setores, a exemplo do escritório de Manguinhos. Segundo Eduarda La Rocque, todos os acordos assinados servirão de base para a criação do Centro de Resiliência Metropolitano, a ser inaugurado pelo Pacto até dezembro do ano que vem. Com a ajuda de parceiros, o Centro irá criar indicadores para medir a eficiência dos acordos e contará com o apoio da população para acompanhar os projetos. Ao mesmo tempo, o Centro funcionará como um ponto de encontro para todos os que participam da gestão do Pacto – órgãos públicos, centros de pesquisa, população, terceiro setor, parceiros privados e organismos internacionais – e como um repositório de informações sobre a cidade.

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.