Novos modelos de construção: Segurança e proteção na hora de fazer pequenas obras e reformas

Zurich oferece combo de coberturas, incluindo erros de projeto, despesas de desentulho, despesas extraordinárias e de responsabilidade civil, entre outras; seguro pode ser adquirido por pessoas físicas ou empresas

0 170

Julho, 2019 – Reformar um cômodo da casa, construir um novo andar, trocar pisos e azulejos do apartamento, aumentar o espaço do empreendimento comercial… Independentemente da execução, pequenas obras e reformas demandam planejamento para evitar falhas no projeto, erros na execução e até mesmo danos a terceiros. Para ter mais tranquilidade do começo ao fim, vale a pena contratar um seguro para este tipo de serviço.

A Zurich, companhia global com mais de 80 anos de atuação no mercado brasileiro, disponibiliza desde o ano passado seguro para pequenas obras e reformas, seja para pessoas físicas ou empresas, incluindo empreiteiras e construtoras. “Após perceber que havia um gap neste segmento, incluímos em nosso portfólio mais este produto. A aceitação tem sido muito boa, com aumento de 50% na procura no primeiro semestre deste ano em comparação ao mesmo período em 2018”, afirma Fabio Silva, Head de Linhas de Engenharia. “Fazemos seguros desde pequenas reformas até obras com valor máximo de R$ 20 milhões, com contratação de forma simplificada”, acrescenta.

A cobertura básica inclui proteção contra incêndio/raio/explosão, fenômenos da natureza, erros de execução, desmoronamento, roubo ou furtado qualificado, entre outros. Já as coberturas adicionais são: despesas de desentulho, despesas extraordinárias, equipamentos móveis ou estacionários, erros de projeto, responsabilidade civil, propriedades circunvizinhas e honorários de peritos, entre outras.

O processo de contratação é feito de maneira rápida e fácil, e não necessita de um subscritor especializado para ser emitido. “Deixamos as informações gravadas no nosso portfólio, que monta as características desse seguro com as coberturas e riscos, e conforme o segurado manda as informações, preenchemos e fazemos a cotação”, diz Silva.

O executivo da Zurich conta que edifícios residenciais e comerciais, hospitais, shoppings, hotéis e academias são os segmentos que mais contratam atualmente esse tipo de seguro, e a apólice costuma ter duração de dois a doze meses.

Saiba mais em www.zurich.com.br.

Fonte: Imprensa/Zurich

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.