Nova Engevix Engenharia assina dois novos contratos com a SANEPAR

299
Julho, 2020 – Os novos contratos foram celebrados após a Nova Engevix ser declarada vencedora em processos licitatórios públicos que tem por escopo o Apoio à Fiscalização da SANEPAR nas obras do Sistema de Abastecimento Integrado de Água de Curitiba e Região Metropolitana (SAIC) e o Plano de Segurança da Barragem Miringuava.

O SAIC, cujo Plano Diretor foi publicado em 2013, estima que a população de Curitiba e Região Metropolitana atinja mais de 4 milhões de pessoas até o ano de 2040. Assim, a meta e o desafio é fornecer, diariamente, água com qualidade e quantidade suficiente para cada uma destas pessoas. Com experiência e vasto conhecimento em engenharia consultiva, a Nova Engevix vai apoiar a Fiscalização da SANEPAR no controle de qualidade dos serviços e fornecimentos, de julho de 2020 a setembro de 2022.

Já no contrato do Plano de Segurança da Barragem do Rio Miringuava, além da elaboração do plano, será realizado o apoio técnico e monitoramento da represa, em atendimento às normas da Agência Nacional de Águas – ANA. Anteriormente, a Nova Engevix também havia sido responsável pela elaboração do Projeto Básico e do Projeto Executivo da Barragem de Miringuava. Agora, também ficará a cargo da mesma a elaboração do PSB.

O resultado da licitação foi divulgado no início do ano. A empresa ficou responsável por restabelecer total segurança à estrutura, principalmente nos momentos em que estiver operando no nível original. Projetar a adequação do maciço, a construção de um vertedouro, a inspeção e reforma das tomadas d’água, além da elaboração de um plano de segurança, são serviços que também fazem parte do trabalho a ser realizado.

As reformas seguem em linha com a Lei 12.334/2010, que estabeleceu no País a Política Nacional de Segurança de Barragens, a fim de evitar acidentes como as duas tragédias ocorridas em Minas Gerais. A barragem foi elencada pelo seu órgão fiscalizador, no Relatório de Segurança de Barragens da ANA (Agência Nacional de Águas), em 2017, como uma das que possuíam algum comprometimento estrutural importante, sendo já estimado no mesmo relatório um valor para a recuperação na ordem de R$ 15 milhões.

Fonte:  Nova Engevix Engenharia

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.