M&T Expo 2018 surpreende visitante que veio só ver e acabou comprando novas máquinas

Além de oportunidade de negócios, evento se consolida como o mais completo e diversificado fórum de inovação e disseminação de conhecimento do segmento de construção e mineração

0 203

Dezembro, 2018“Vim para a M&T Expo apenas com a intenção de conhecer os equipamentos, mas depois que vi as máquinas, as promoções e a taxa de juro ofertada, tenho intenção de comprar”. O depoimento é do empresário Maicon Moreira, diretor da Moremac Locações e Terraplenagem, localizada em Maringá (PR), que se disse surpreso com a estrutura da feira e a diversidade de equipamentos e produtos expostos. “Em apenas uma pequena volta pela feira, pude conhecer diversos fornecedores, por exemplo, das áreas de manutenção hidráulica, motores e pistões”, comentou o empresário.

Essa variedade de expositores da M&T Expo, segundo Moreira, deve auxiliá-lo num dos seus desafios de gestão, que é encontrar novas opções de fornecedores tanto de produto, quanto de serviços. “Nesse sentido, a feira ajuda, pois está bem completa e nela conseguimos encontrar desde pneus, peças com diferenciais, máquinas de apoio, itens variados em suporte e manutenção de equipamentos e também de implementos. Um exemplo disso são adaptações para caçambas”, complementa Moreira, que recomenda a todos para visitar a M&T Expo. “As pessoas precisam sair da zona de conforto para saber que existem diversos fornecedores e empresas que podem ajudar a resolver seus problemas do dia a dia aqui na M&T Expo”, conclui.

O entusiasmo do empresário paranaense com a estrutura e variedade de opções da M&T Expo também tem sido percebida por alguns expositores. Anderson Oliveira, supervisor de Vendas da Yanmar South America avalia como bastante positiva a feira. “Na M&T Expo temos a oportunidade de conhecer clientes de várias partes do Brasil e também estreitar o contato com a nossa rede de concessionárias, o que auxilia a conhecer novos segmentos de mercados e clientes”, observa Oliveira. Destaca ainda que alguns clientes que ainda não conhecem bem o conceito de miniescavadeiras, esclarecem suas dúvidas na feira. “Até agora, já atingimos metade do nosso objetivo”, finaliza.

Idêntica percepção sobre a feira é passada por Luiz Marcelo Tegon, presidente da Ciber Equipamentos Rodoviários, que faz parte do Grupo Wirtgen. “A M&T Expo 2018 tem sido bastante positiva, pois tivemos a presença de muitos clientes”, afirma o executivo. Muito animado, diz ter concluído alguns negócios. “Estamos bem perto da nossa meta. A importância da M&T Expo dá oportunidade para todos os fabricantes tragam para o mercado brasileiro o que há de mais novo em tecnologia e que ajude no desenvolvimento do país, elevando a produtividade e aprimorando a qualidade na pavimentação, que é nosso segmento”, conclui.

A avaliação positiva sobre a feira é compartilhada por empresas que participam desde a primeira edição. É o caso da New Holland Construction, que esteve presente nas 10 edições já promovidas. “A M&T Expo é a maior feira da América Latina do segmento e acaba sendo um termômetro para nós para medir como está a situação do mercado”, afirma Giovanni Borgonovo, gerente de Marketing da New Holland Construction. “E nós temos sentido um grande otimismo por parte do público na retomada do segmento da construção. Acreditamos que o ano de 2019 será muito melhor para nós”, diz Borgonovo, acrescentando que a feira exibe soluções em tecnologia de conectividade e acessibilidade tanto para melhorar a produtividade, como reduzir o custo operacional dos nossos clientes.

Palestra na M&T Expo detalha desafio de executar obras subterrâneas sem operário no subsolo

O maior desafio atual dos fabricantes de equipamentos voltados à obras subterrâneos é eliminar a presença do homem no subsolo. Essa foi a principal conclusão de palestra proferida no Summit M&T Expo 2018. De acordo com Odilon Mendes, diretor da Normet Brasil, os clientes demandam cada vez mais novidades tecnológicas capazes de oferecer processos automatizados e máquinas autônomas. “O desafio é operar totalmente sem trabalhadores no subterrâneo, no máximo a partir de decisões remotas”, afirmou.

Segundo Mendes, além de equipamentos que operem em profundidades e até altitudes maiores, a demanda tem exigido máquinas mais limpas. “Trabalhamos com dois níveis de resposta: o nível 1, que pretende reduzir as emissões atmosféricas e o 2, cuja meta é retirar o pessoal das frentes de trabalho”, contou. O SmartSpray, sistema semiautônomo de projeção de concreto que já está no mercado é um exemplo. “Junto com o software NorSmart 3, que controla e ajusta as projeções, a ideia é melhorar a qualidade do serviço. Agora trabalhamos para avançar ao nível 2 desse sistema com o uso de veículos elétricos totalmente automatizados”, garante.

O engenheiro sênior da Herrenknecht do Brasil, Edson Peev, completou a palestra expondo a grande novidade mundial em máquinas tuneladoras: as TBMs de Densidade Variável, que resolve o problema de escavar substratos muito distintos sem que se tenha de parar o serviço para converter o equipamento. “Essas TBMs já são a evolução das máquinas conversíveis, capazes de trabalhar em modo EPB ou aberto, contanto que se faça as trocas de parafuso sem fim por correia transportadora e ajustes na cabeça”, explicou.

Aços especiais ganham espaços na fabricação de máquinas para construção, informa palestrante na M&T Expo 

Os aços especiais estão ocupando cada vez mais espaços na fabricação de máquinas como basculantes, escavadeiras, guindastes, plataformas, entre outros equipamentos destinados a aplicações na construção e mineração. A análise foi feita por Leonardo Vieira, gerente técnico da SSAB, empresa especializada em aços especiais, no ciclo de palestras técnicas da Arena de Conteúdo montada na M&T Expo 2018, que prossegue hoje no São Paulo Expo, em São Paulo. “Lançamos o Hardox, um aço com alta resistência à deformação e voltado para caminhões basculantes, caçambas de escavadeiras e contêineres”, informou o palestrante.

Outro aço especial, o Strenx, que consiste em um tipo de aço com resistência três vezes maior que o aço convencional, também está presente no mercado brasileiro. “É um aço, cuja resistência pode variar de 700 MPA a 1300 MPA. Sua capacidade permite aumentar a vida útil da caçamba da carregadeira e da basculante de mineração, além disso também pode ser empregado em guindastes”, informa Vieira. Segundo ele, além da indústria, os aços especiais também atraem consumidores finais. “Vendemos aços para pedreiras, agricultores, entre outros. Afinal, sua atratividade reside no fato de ser uma peça que tem grande capacidade de proteger os equipamentos de desgastes”, conclui.

Ciclo de palestras técnicas da M&T Expo destaca inovação que reduz em até 46% o tempo de terraplanagem 

Uma inovação tecnológica que permite a exata regulagem na inclinação de equipamentos voltados para terraplanagem possibilita uma execução até 46% mais rápida e com melhor qualidade do serviço foi demonstrada no ciclo de palestras técnicas da Arena de Conteúdo montada na M&T Expo 2018, que prossegue hoje no São Paulo Expo, em São Paulo.

“Estamos demonstrando uma série de soluções com foco em tecnologia que foram recentemente incorporadas aos nossos equipamentos destinados à movimentação de terra em grandes obras de infraestrutura”, explicou Pablo Santos, especialista em aplicação de produtos da Caterpillar, que participou do ciclo de palestras técnicas. Outra solução que a empresa detalhou na palestra é uma carregadeira acoplada a uma balança que racionaliza o processo de movimentação de materiais. “Essa inovação resulta numa série de benefícios para o cliente final, como evita retrabalho na pesagem do material e também reduz a chance de multa por sobrepeso em caminhões, uma vez que no carregamento se tem um peso exato permitido no trajeto a ser percorrido pelo caminhão”, complementa Leandro Amaral, também da Caterpillar.

A 10ª M&T Expo é o principal ponto de encontro do setor na América Latina. Promovida, pela primeira vez, em 1995, pela Associação Brasileira de Tecnologia para Construção e Mineração (Sobratema), a edição de 2018 marca o início do acordo de cooperação de longo prazo firmado entre a entidade e a Messe München, promotora da bauma, maior feira mundial da área de equipamentos para construção.

Fonte: Imprensa/M&T Expo 2018

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.