Mostra 100% Minas promovida pela CASACOR destaca design produzido no estado

0 177

Setembro, 2017 – A realização da CASACOR em Minas Gerais nos últimos 23 anos teve um papel fundamental no desenvolvimento, aprimoramento e geração de oportunidades para o design local. Durante as primeiras edições do evento, que hoje é reconhecida como a maior e melhor mostra de arquitetura, decoração e paisagismo das Américas, a produção mineira de design ainda não se destacava tanto como atualmente. A CASACOR foi e continua sendo com toda certeza uma das iniciativas mais importantes, capazes de gerar oportunidades e promover este encontro entre criadores e consumidores, estreitando laços, valorizando a produção contemporânea e abrindo mercado para este setor. Desta forma, inúmeros profissionais da área conseguiram se estabelecer e progredir neste segmento, conquistando cada vez mais reconhecimento por meio de seus trabalhos autorais.

MINAS
Exposição 100% MINAS Vazio SA-Ambiente por Carlos Teixeira Crédito: Gabriel Castro

Se antes era preciso sair de Minas ou até mesmo do país para conseguir um produto de qualidade e desenho inovador, hoje o estado exporta tendências para o mundo inteiro. O consumo de design de qualidade tem crescido vertiginosamente, não apenas por questões estéticas, mas também por propor novas alternativas e conceitos para produtos que são nossos aliados no dia-a-dia. As pessoas estão buscando criações que se destaquem não apenas pela qualidade, mas também por questões como conforto, beleza, durabilidade, ergonomia e praticidade. Foi pensando em dar visibilidade a uma nova safra de criações, produzidas por designers experientes e também por representantes da nova geração, a CASACOR Minas investiu na criação da Mostra 100% Minas, que chega à sua 2a edição.

Pedra sabão, tecidos, aço, couro, palha natural e diversos tipos de madeira. Diferentes suportes dão forma ou acabamento aos móveis que podem ser conferidos na exposição 100% Minas, que integra a programação da 23a CASACOR Minas. Diferentes autores, processos de criação e de produção – do industrial ao artesanal. O ponto em comum é que todas as peças foram inteiramente criadas por designers mineiros.

A segunda edição da 100% Minas amadureceu e cresceu. Ganhou mais espaço, mais tempo para visitação e um projeto expográfico assinado pelo arquiteto Carlos Teixeira, além de projeto de iluminação de Mariana Novaes, da Atiaîa Lighting Design. E, este ano, está inserida dentro da CASACOR Minas, que além de uma mostra de arquitetura, design de interiores e paisagismo, é também uma plataforma de múltiplas possibilidades, sustentada por quatro pilares: inspiração, conteúdo, entretenimento e networking.

MINAS 3
100 % Minas Carlos Teixeira Reverbo. Créditos: Gabriel Castro

Nesse contexto, a mostra é um convite para o visitante conhecer e se aproximar da recente, diversificada e expressiva produção de mobiliário feita por 22 designers mineiros. A seleção mescla peças de designers que já possuem uma trajetória consolidada na área e também peças de quem está iniciando sua carreira, mas já demonstra um caminho promissor.

No percurso, móveis com formas tradicionais e usos bem definidos se misturam a peças mais despojadas, com caráter mais inusitadas. O diálogo entre design industrial, moda e experimentações de formas, acabamentos e materiais é algo que pode ser notado em diversas peças.

Com essa seleção, a 100% Minas pretende ser uma celebração da produção do design feito em Minas Gerais. Trata-se também de um espaço e de uma oportunidade para a valorização, divulgação e difusão de trabalhos de designers mineiros, aproximando o público, indústria e críticos da produção criativa conte, fomentando a geração de negócios entre produtores, especificadores, investidores e público em geral.

Como atividade complementar da mostra, será realizada na próxima sexta, dia 25 de agosto, uma mesa redonda para discutir os diversos processos de produção dentro do design autoral e a distribuição para o mercado. Estarão presentes os designers Porfírio ValladaresAndré Ferri Joana do Vale Dourado e o fundador da Hometeka, Roberto Andrés. A mediação será da curadora da exposição 100% Minas, Mônica Boscarino. A atividade integra a programação do CASACOR & Conversa.

CASACOR Minas Gerais

Até 24 de setembro de 2017

Endereço: Rua Sapucaí, 383– Floresta- Belo Horizonte

Horário de funcionamento: de terça à sexta de 15h às 22h/ Sábados, de 13h às 22h e aos domingos e feriados de 13h às 19h.

Informações: www.casacor.abril.com.br

Ingressos:

Acesso único(terça a domingo): R$50 inteira e R$25-meia-entrada

Vendas na bilheteria da CASA COR Minas ou pelo site http://www.blueticket.com.br

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.