Minha Casa, Minha Vida, em Itaboraí, terá população maior do que vários municípios do Rio de Janeiro

223

O conjunto Residencial Viver Melhor em Itaboraí, a maior obra em andamento do Programa Minha Casa Minha Vida no Estado do Rio de Janeiro, com três mil unidades, atualmente em fase de acabamento, está previsto para ser entregue em novembro deste ano.

Assim que estiver concluído, terá proporções de uma cidade de pequeno porte, com 150 prédios de quatro andares e abrigará aproximadamente 12 mil pessoas. Esse número é superior, inclusive, à população de 12 dos 92 municípios do estado, segundo projeção do IBGE.

O Viver Melhor passou ileso às fortes chuvas que castigaram vários municípios fluminenses nas últimas semanas. E não foi por acaso. Na terraplanagem do terreno de 250 mil metros quadrados os engenheiros criaram declives que facilitam o escoamento natural das águas da chuva para o Rio Iguá – um dos mais importantes do município. Além disso, o sistema de drenagem possui dutos com capacidade acima da necessária para a área. Segundo o coordenador de Obras do empreendimento, Bruno Marins, toda essa estrutura, faz com que não haja bolsões de água mesmo em caso de fortes precipitações.

25593920996_7426d1e8ed_k
Imagens: Panorâmica do Residencial Residencial Viver Melhor em Itaboraí-RJ. Foto: Ascom/Prefeitura de Itaboraí-RJ

“Podemos dizer que o diâmetro das tubulações foi calculado proporcionalmente à área de captação da chuva e de modo que não haja nenhum transtorno aos futuros moradores. Mesmo, ainda, sem a pavimentação o sistema se mostrou eficiente”, explicou Bruno.

É para essa ‘nova cidade’ que serão levados os moradores da comunidade do Rato Molhado, no bairro da Ampliação, e que foram afetados pelas recentes chuvas.

Para atender a demanda de todo esse público, estão sendo projetadas uma Estação de Tratamento de Esgoto (ETE), uma Estação de Tratamento de Água (ETA), dez reservatórios e 17 poços para captação de rede de água. Além disso, já estão sendo erguidas 12 quadras poliesportivas, dez centros comunitários e dois campos de futebol soçaite. A prefeitura também irá construir no local uma escola de ensino médio e um posto de saúde.

Atualmente cerca de 500 operários trabalham na construção.

Inscrições continuam  

Quem for sorteado para a compra de um dos imóveis, com valor estimado em R$ 70 mil, pagará uma prestação mensal que varia entre R$ 25 e R$ 85. Quem quiser se cadastrar deve comparecer à sede da Prefeitura, na Praça Marechal Floriano Peixoto, 97, na sala da Secretaria Municipal de Habitação, das 9h às 17h.

Todos os inscritos precisam ter renda familiar máxima de três salários mínimos.

Fonte: Ascom/Prefeitura de Itaboraí 

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.