Marica segue investindo: novo hospital Ernesto Che Guevara recebe estações de tratamento de esgoto

0 317

Dezembro, 2019 – As duas estações de tratamento de esgoto do novo hospital municipal Dr. Ernesto Che Guevara foram montadas nesta sexta-feira (06/12) na área externa da unidade. Cada uma terá capacidade de processar 250 metros cúbicos de rejeitos por dia e, após o tratamento, vão devolver água limpa ao meio ambiente. As duas grandes peças têm peso aproximado de 5 toneladas cada e foi necessário o auxilio de um guindaste para a operação.

A equipe da Prefeitura de Maricá responsável pela construção do hospital vai agora dar o acabamento no espaço onde ficam os cilindros. De acordo com a chefe de divisão da autarquia de Serviços de Obras de Maricá (Somar), Fernanda Spitz, ao final desta etapa toda área do entorno do prédio principal começa a receber paisagismo e iluminação, segundo ela, já na próxima semana.

Instalação das estações de tratamento de esgoto no novo hospital – Foto: Marcos Fabricio

“Fizemos um estudo com o apoio da Empresa de Saneamento de Maricá (Sanemar) para oferecer qualidade e segurança no tratamento do esgoto do hospital. Este é um grande avanço que tivemos para a entrega e, agora, aguardamos um posicionamento da Cedae com relação à água e do DER-RJ sobre a passarela na rodovia”, revelou, reafirmando que o hospital tem abertura prevista para fim de fevereiro e início de março.

A secretária de Saúde de Maricá, Simone da Costa, também comemorou a montagem dos cilindros que abrigam as duas estações. “Era uma etapa muito esperada por nós e que será fundamental para o fluxo de saída do material biológico. Como esta, toda a obra física do hospital é muito bem feita no geral. Como já nos disseram, temos uma ‘Ferrari’ nas nossas mãos, com tudo de última geração com boa infraestrutura, que vai equacionar nossa carência para casos de alta e média complexidade”, garantiu a secretária, afirmando ainda que as equipes vão passar por treinamentos para operação dos equipamentos.

O hospital municipal, que fica às margens do quilômetro 23 da rodovia RJ-106 (sentido Tribobó), é formado por três blocos, onde no A estão localizados os consultórios médicos e a recepção; no B estão o centro cirúrgico e as UTIs, e no C funcionará a área de serviços como refeitórios, vestiários, administração e salas de TI.

O investimento é realizado com recursos próprio e contará com 138 leitos para internação, além de duas CTIs, 19 enfermarias (com três leitos cada), distribuídas pelos três blocos, seis salas de observação para adultos e mais três alas de observação para pediatria.

Fonte; Imprensa/Maricá-RJ

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.