Macaé: Obras de saneamento avançam

285

Para alcançar a meta de oferecer à população todo o esgoto tratado até 2017, a prefeitura está concluindo o primeiro módulo da ETE Centro, instalada na Linha Verde.

Testes com equipamentos e tubulações no módulo de tratamento são realizados com cem litros por segundo de água. A previsão é que no primeiro semestre de 2016 cerca de 40 mil pessoas, de seis bairros, sejam beneficiadas com a captação e o tratamento de esgoto pertencentes ao Subsistema Centro.

ETE Centro. Data: 15/12/2015. Foto: Bruno Campos/Prefeitura de Macaé
ETE Centro. Data: 15/12/2015. Foto: Bruno Campos/Prefeitura de Macaé

Cerca de 900 funcionários trabalham na construção deste primeiro módulo do Subsistema. No total, são quatro subsistemas que vão captar e tratar todo o esgoto do município. As obras são executadas através da Parceria Público Privada (PPP) entre Prefeitura de Macaé, Empresa Pública Municipal de Saneamento (Esane) e Odebrecht Ambiental.

A obra da ETE Centro começou em março de 2015 e, segundo o engenheiro responsável, André Vitória, a estrutura civil de pré-tratamento, sala elétrica, sistema de ultravioleta, sopradores e centrífuga, tanque de cloreto férrico e tanque de lodo estão concluídos. Além disso, a ETE Centro contará com sistema de tecnologia avançada e todo o processo será automatizado e exercido da sala de controle.   

Complementando o primeiro módulo da ETE Centro, até agora, foram construídos 42 quilômetros de rede de coletora nas ruas, 35 estações elevatórias de esgoto e 11 quilômetros de linha de recalque que interligam a elevatória na estação, beneficiando os bairros Novo Cavaleiros, Granja dos Cavaleiros, Glória, Vale Encantado, Cancela Preta e São Marcos.

A Odebrecht Ambiental implementará um sistema de operacionalidade dos equipamentos, bem como sua lavagem, irrigação de gramas, dentre outras utilidades que precisam de água potável, da própria água de reuso, tratada pelo sistema implantado.

A estimativa é que com todas as etapas concluídas a ETE Centro capte e trate 300 litros de esgoto por segundo. E totalize o atendimento para cerca de 120 mil pessoas de 23 bairros da cidade, alcançando uma média de 50% da população.

Fonte: Ascom/Macaé-RJ

Texto:  Ana Menezes

 

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.