Lava Jato foi invenção que enganou imprensa e causou mal ao Brasil, diz Lula

172

Abril, 2022 – Em entrevista ao vivo hoje (05) à rádio Lagoa Dourada FM, da Rede T do Paraná, o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva afirmou que a Lava Jato foi invenção que enganou a imprensa e causou mal à história e ao desenvolvimento do Brasil. Lula disse ser preciso combater denúncias de corrupção prendendo os responsáveis pela corrupção, mas sem destruir o sistema produtivo, como aconteceu no Brasil

Lula lidera intenção de votos para presidente em 2022. Foto: Ricardo Stuckert

“O processo da Lava Jato foi invenção montada por Moro (Sergio) e Dallagnol (Deltan) para enganar a imprensa, e a imprensa aceitou divulgar mentiras como se fossem verdade. Causou mal à história do Brasil, ao desenvolvimento do Brasil e ao crescimento do Brasil. Você pode combater corrupção, prendendo alguém que roubou, O que não pode é destruir todo um sistema produtivo, a indústria naval, a indústria de óleo e gás, a indústria de engenharia e a Petrobras, que perdeu valores na bolsa por causa de tantas denúncias, quando você poderia ter prendido quem roubou e deixado a empresa com seus contratos funcionando normalmente”.

O ex-presidente lembrou da forte exposição negativa que teve na mídia, por causa das falsas denúncias e sem direito de respostas. Segundo ele, em nove meses, foram 13 horas de matérias contrárias a ele no Jornal Nacional, mais de 680 primeira s páginas de jornal e 59 capas de revistas. “Sequer o meu advogado tinha direito de resposta”.

“Depois que passou tudo isso, todos os meus processos caíram porque o juiz foi considerado suspeito. Vocês do Paraná são testemunhas de que, na primeira audiência, eu disse (ao ex-juiz Sergio Moro) você está condenado a me condenar porque deixou a mentira ir longe demais. E aconteceu o que estava previsto”, disse, reforçando que o Ministério Público não pode acusar sem provas.

“Se alguém comete erro, esse alguém é punido. O que não pode é você acusar alguém de um erro que não cometeu. Isso é que é o grave.  Qual é a punição que recebe um cidadão que te acusa de ladrão, que destrói sua família, que destrói uma biografia que você construiu?  O que sobra desse cara depois que prova que ele errou na acusação? Significa que quem está no Ministério Público tem que ser muito sério. Ele não pode não pode ser moleque não pode ser leviano. Quando ele fizer uma acusação, ele tem que ter prova”, lembrando que todas as acusações contra ele caíram. “Como fica esse cidadão que conta uma mentira deslavada para a sociedade, que a imprensa acredita nele e divulga de forma farta essa mentira?

Lula comentou sobre a intenção de Moro e Dallagnol se candidataram a uma vaga na Câmara dos Deputados. “Eu acho maravilhoso que essa gente se candidate a deputado, acho maravilhoso que essa gente entre no mundo da política. Eles vão perceber que a política é muito mais complicada do que imaginaram quando estavam me julgado. É importante que participem do debate, que façam discurso na tribuna para ver que o mundo da política é mais difícil do que ficar atrás de uma toga e do código penal, julgando”, disse.

Fonte: lula.com.br 

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.