Instituto Camargo Corrêa lidera projeto de reforma da Casa da Criança de Campestre

Reforma das salas de aula irá aumentar capacidade de atendimento da instituição, que recebe diariamente mais de 100 crianças. Obras são resultado da parceria entre Instituto Camargo Corrêa e construtora Camargo Corrêa Infra

170

São Paulo, agosto de 2021 – A Casa da Criança do município de Campestre, no sul de Minas Gerais, vai ganhar novos espaços para atendimento a crianças em situação de vulnerabilidade. A iniciativa e idealização é do Instituto Camargo Corrêa que contou com a parceria da construtora Camargo Corrêa Infra para reformar parte da estrutura da instituição. A CCInfra atua na construção do Lote 18, uma linha de transmissão de energia com canteiro de obras em Campestre.

A entidade de assistência social terá duas salas totalmente reformadas, sendo uma sala de aula convencional e outra para aulas de informática. Com previsão de encerramento no final de setembro, as obras da reforma contemplam a revitalização dos espaços, com nova decoração, pintura das paredes, do teto e troca de pisos, além de melhorias na iluminação e ampliação das salas para aumentar a capacidade de alunos, respeitando o distanciamento social adequado ao protocolo da Covid-19.
Novo espaço reformado e arejado vai atender 100 crianças. Divulgação

Com 47 anos de fundação, a Casa da Criança de Campestre é uma entidade filantrópica que atende a crianças de zero a seis anos em período integral durante os dias da semana. Sua principal missão é auxiliar mães e pais que precisam trabalhar, mas não têm onde deixar seus filhos durante o horário do expediente.

“Na pandemia, a educação infantil foi duramente afetada com a interrupção das aulas. A atuação de entidades sociais como a Casa da Criança é fundamental para que as famílias tenham a tranquilidade de trabalhar, fortalecendo o empreendedorismo local, enquanto seus filhos passam o dia aprendendo e se socializando em segurança. A reforma que estamos viabilizando irá proporcionar mais conforto, acolhimento e uma sensação de pertencimento para crianças da região de Campestre”, afirma a diretora executiva do Instituto Camargo Corrêa, Bárbara Matias Bueno de Mattos Galvão.

 

Mais de 100 crianças atendidas

Nos últimos meses, o atendimento presencial da Casa da Criança foi suspenso em virtude da pandemia da Covid-19 e as aulas foram adaptadas para o formato remoto, assim como a substituição da merenda presencial por um kit alimentação. Com a reforma dos espaços e a retomada das atividades em meio a queda dos casos de Covid na região, a expectativa é que a entidade possa retomar no segundo semestre as atividades presenciais para um número ainda maior de crianças, além de proporcionar um distanciamento social maior entre os alunos, ainda necessário no atual momento.

 

Hoje, mais de 100 crianças de zero a seis anos são atendidas pela Casa da Criança de Campestre, que são assistidas por uma equipe especializada e de voluntários. As crianças recebem cinco refeições diárias, contam com atendimento psicológico e educacional, além de encaminhamentos para atendimentos médicos.

 

Atualmente, há mais de 30 crianças na lista de espera aguardando o surgimento de novas vagas na Casa da Criança, que vai poder aumentar sua capacidade de acolhimento com a ampliação das salas de aula. Outro ganho é que a reforma também vai proporcionar aulas de informática para familiares dos alunos, uma vez que hoje o espaço é de uso exclusivo das crianças.

 

Na avaliação da coordenadora da Casa da Criança, Amanda Silva de Melo, a reforma era um sonho antigo da instituição, que se tornou ainda mais necessária no atual contexto da pandemia. “Há muitos anos tínhamos a necessidade de melhorar nossa estrutura de salas de aula para melhorar o atendimento aos alunos e receber mais crianças da comunidade de Campestre. A parceria com o Instituto Camargo Corrêa e Camargo Corrêa Infra para que esse antigo desejo saísse do papel”, comemora Amanda.

 

Fonte: Instituto Camargo Corrêa

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.