Geradores de energia na mineração: desafios para uma instalação segura

149

Novembro, 2020 – O setor de mineração é um dos mais complexos em termos de infraestrutura e maquinário necessários para seu funcionamento. Para além de todo o tipo de equipamento, a atividade mineradora precisa ainda considerar a necessidade de contratação de um sistema completo de gerador de energia.

Geradores são úteis em todas as fases da mineração, ao permitirem o abastecimento simultâneo de vários aparelhos diferentes, de forma segura e garantida, para não interromper a exploração e a extração do minério. Em minas subterrâneas a energia temporária torna-se ainda mais necessária, já que há demanda por iluminação artificial e sistema de ventilação, que leva ar puro e refrigeração aos locais internos.

Os equipamentos podem ser utilizados em locais que não contam com atendimento pelas concessionárias de energia e mesmo em minas próximas a áreas urbanas e que estejam conectadas à rede. Nestes locais, são úteis como stand-by ou como responsáveis pelo fornecimento aos equipamentos com maior consumo, representando economia.

Geradores mostram-se boas opções para períodos curtos de operação, como picos na produção da mina, por exemplo, ou para situações emergenciais. Geradores mostram-se boas opções para períodos curtos de operação, como picos na produção da mina, por exemplo, ou para situações emergenciais. Geralmente, as empresas optam por geradores a diesel por serem resistentes, confiáveis e capazes de operar em temperaturas elevadas.

Grandes empreendimentos demandam usina de energia

Diante da demanda e da possibilidade de obter economia de escala, muitas empresas optam pela montagem de uma usina de energia. É uma série de grupos de geradores protegidos por contêineres e interligados por meio de sistemas de controle. Pode ser formada por grande número de geradores de baixa potência ou uma quantidade menor de geradores de alta potência.

Para definir o maquinário a ser utilizado, ocorre a fase do planejamento, quando os profissionais da mineradora e da empresa locadora de energia temporária elencam todos os equipamentos que serão utilizados na mina e quanta energia cada um deles consome.

Após a conclusão do levantamento, a equipe da empresa elabora o pacote que atenda às necessidades da mineradora, define quantos e quais equipamentos deverão compor a usina e mensura o uso de combustível, incluindo o calendário de abastecimento e o local de armazenamento em segurança.

O passo seguinte é a logística da construção, que também ocorre em diferentes etapas. A primeira é a visita técnica ao local onde a usina será montada para preparar o terreno. O espaço deve estar nivelado, compactado e ter um sistema de drenagem eficiente. Em um segundo momento todos os aparelhos são testados. Por fim, a logística define como transportar as máquinas até o local dos trabalhos com maior velocidade e menor custo.

A instalação respeita o projeto dos engenheiros que objetiva facilitar os trabalhos de operação, de manutenção e de reabastecimento e ainda garantir que sejam ligados ou desligados com agilidade, em momentos de emergência. Em seguida, é feita a configuração do sistema, a instalação dos transformadores e a conferência de todas as conexões. O trabalho começa em uma sala de controle que pode ser operada no local ou remotamente.

É importante planejar o depósito de peças sobressalentes, que são as mais propensas a defeitos. Desta forma, agiliza-se a substituição sem comprometer o serviço.

Quando o trabalho de extração é concluído, a usina é desmontada e o local é deixado limpo e arrumado.

Escolher empresa certa para o serviço

A principal recomendação é contratar uma fornecedora de locação de energia temporária com experiência no fornecimento que ofereça agilidade de logística. A empresa deve ter disponíveis modelos de geradores com diferentes potências, para diversas demandas.

A equipe de profissionais deve ser especializada para suprir qualquer necessidade em todas as fases do projeto: dos preparativos à conclusão. Os trabalhadores ter capacidade de monitorar o desempenho dos equipamentos, com as manutenções necessárias ou substituí-los por modelos equivalentes quando for o caso.

A locação costuma apresentar mais vantagens financeiras para o cliente do que a compra dos equipamentos, por todos os serviços incluídos no contrato. O aluguel fornece flexibilidade operacional, aumenta a produtividade das minas e otimiza processos sem demandar grandes prazos ou recursos.

Acesse mais detalhes www.tecnogera.com.br/

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.