G2Base, construtech da Gerdau, integra e industrializa a cadeia da fundação em aço com ganhos de até 40% em produtividade

Em seu segundo ano de atividade, operação já conta com cases junto a clientes como Suzano, Cyrela e WTorre

290

Abril de 2022 – O ano de 2021 marcou o início das operações da G2Base, construtech da Gerdau que industrializa a cadeia da fundação em aço e centraliza todo o processo – da matéria prima à execução –, reduzindo custos, prazos e desperdício e aumentando segurança, produtividade e sustentabilidade. Contando com a força da maior empresa brasileira produtora de aço, a G2Base faz parte do movimento da Gerdau em direção à inovação e à prestação de serviços com maior valor agregado por meio da tecnologia.   

 O grande diferencial da construtech é que toda a gestão da fundação fica sob sua responsabilidade: do fornecimento dos perfis estruturais até o serviço de execução, o cliente recebe a fundação pronta. A solução completa aumenta a produtividade em até 40% com a oferta de equipamento para a manipulação dos perfis e reduz desperdícios no canteiro de obras. A tecnologia desenvolvida pela empresa permite a automatização de processos com informações online em tempo real e garante mais velocidade, segurança e aproveitamento máximo de recursos e logística. 

 A solução completa também contribui para mais sustentabilidade pois, além de não utilizar água, reduz consideravelmente o número de caminhões na obra, resultando em menor geração de resíduos, poeira, vibração, ruído e emissão de carbono. A experiência do cliente é outro destaque: o ponto único de contato para gestão da obra de fundação traz rapidez, segurança e redução de custos. Além disso, profissionais 100% especializados em fundações realizam gestão lean construction da obra, com planejamento prévio e mais velocidade.   

 Entre os projetos que a G2Base já atuou com o modelo integrado de operação, há obras residenciais, industriais, edifícios empresariais, termoelétricas, hospitais e até mesmo o primeiro parque fotovoltaico com estrutura não galvanizada, localizado em Minas Gerais.  

 “A G2Base reinventa a obra a partir de novos processos e tecnologias de integração da cadeia da fundação em aço. Reunimos a força e a expertise de uma empresa centenária a soluções inovadoras para nossos clientes. Como uma empresa da Gerdau, herdamos profundo conhecimento do setor e capacidade de fazer gestão de processos de modo estratégico, garantindo melhores resultados com maior confiabilidade, segurança e rapidez”, afirma Marcelo Baldino, diretor executivo da G2Base. 

 A G2Base faz parte do portfólio de empresas da Gerdau Next, divisão de novos negócios da Gerdau que tem como missão diversificar o portfólio da multinacional brasileira com negócios adjacentes ao aço. Para mais informações, acesse.  

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.