Funcionários rejeitam contraproposta da INB

264

Os funcionários das Indústrias Nucleares do Brasil (INB) rejeitaram pela segunda vez a contraproposta apresentada pela empresa para Acordo Coletivo de Trabalho (ACT) 2015/2016.

O Sindicato dos Trabalhadores nas Indústrias Químicas dos Sul Fluminense (Quimsulf) seguirá a pauta aprovada pelos trabalhadores, na quarta-feira, dia 9, e irá agenda uma reunião mediação junto a Delegacia Regional do Trabalho.

Funcionários rejeitam contraproposta da INB - OK
Adesão foi grande dos funcionários do INB. Foto: Quimsulf

– Com a voz forte dos funcionários novamente rejeitando a proposta da INB, vamos avançar em todas as instâncias para garantir o direito do trabalhador, mesmo que tenhamos que partir para uma ação de dissídio junto ao Tribunal Superior do Trabalho – afirma o diretor geral do Quimsulf, Jorge Alves Pinho.

O que pede o Sindicato – O Quimsulf busca junto a INB, a manutenção de todas as conquistas, bem como o IPCA integral, da letra linear para todos os empregados, do retroativo a data base e os tickets alimentação do Acordo Trabalhista fechado do ano passado.

“A INB não está cumprindo sua palavra, e não vamos mais aceitar esse desrespeito. A Carta de Compromisso de 2013 não foi atendida plenamente até hoje”, comenta Jorge Pinho.

Fonte: Assessoria de Imprensa QUIMSULF



			

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.