Fuga perfeita do calor

276

As varandas pequenas, quando bem decoradas e projetadas, podem se transformar em um ambiente confortável e agradável para fugir do calor, curtir o vento e a paisagem local

Nesse calorão, poucas coisas são tão prazerosas quanto sentar-se na varanda para pegar um sol, sentir a brisa e ler um livro ou bater um bom papo. No verão, esse cantinho da casa costuma ser mais utilizado por todos. Por isso, profissionais de arquitetura e decoração dão dicas para melhor aproveitar as varandas pequenas, deixando-as mais bonitas e funcionais.

VARANDA COM REDE
Projeto da arquiteta Marina Dubal. A varanda do quarto, mesmo pequena, foi mantida sendo um local de relaxamento e descontração dos proprietários. Foto: Henrique Queiroga

“As varandinhas são muito apreciadas principalmente por moradores de apartamentos. Ter um local para pegar sol da manhã e curtir o frescor da noite também é algo muito valorizado pelas pessoas e é por isso que as varandas, mesmo quando pequenas, estão sendo mantidas nos projetos de interiores”, explicam os profissionais do escritório Situar Projetos, a designer de interiores Rosângela Brandão Mesquita e os arquitetos Eduardo Henrique e Júnia Bernanos.

A arquiteta Marina Dubal, do escritório Dubal Arquitetura e Interiores, conta que a varanda agrega charme ao imóvel e que é um espaço que possui várias possibilidades de uso: “Mesmo pequena, a varanda pode servir como ambiente para relaxamento em uma rede, ou um espaço para beber um vinho com os amigos desfrutando de uma vista agradável”.

VARANDA LIGHT
Evitar excesso de objetos e investir em madeira para trazer acolhimento ao espaço são dicas da Situar Projetos para decorar a varanda pequena. Foto: Henrique Queiroga

Para aproveitar melhor esse cantinho, a dica dos profissionais da Situar Projetos é a setorização. “Ter uma área de trabalho – com forno, pia, etc. – em um extremo do ambiente e no outro extremo uma área de relaxamento com uma poltrona confortável são boas opções para utilizar esse espaço. Outra dica é colocar uma mesa de conversação no centro da varandinha”, ensina Eduardo.

Para Marina, o ideal é sempre estudar o layout da varanda antes de iniciar o projeto. “Estudar as áreas de circulação e os cantos onde se pode prever móveis fixos deve ser o ponto de partida. Posteriormente, a escolha do mobiliário e acabamentos que resistam a intempéries, caso a varanda seja aberta. Como decoração, plantas e almofadas coloridas são sempre uma boa pedida para um ambiente aconchegante e charmoso”, destaca.

Para ter mais conforto nesse tipo de ambiente, deve-se ficar atento aos revestimentos. “O ideal é usar revestimentos adequados (como a madeira) que proporcionam sensação de conforto e acolhimento, além de mesclar com persianas e tecidos dos assentos que sejam agradáveis ao toque. Como o espaço é pequeno, é essencial evitar o excesso de objetos”, encerram os profissionais da Situar Projetos.

Fonte: Assessoria de Imprensa Mão Dupla Comunicação

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.