fischer consolida-se no mercado brasileiro com linha de ancoragem química

Com a atualização da linha de chumbadores químicos, empresa garante mais segurança e confiabilidade aos consumidores

205

Agosto, 2021 – A fischer, empresa alemã especializada em produtos inovadores e tecnológicos, de alta qualidade e segurança, para construção, há 70 anos no mercado, acaba de anunciar a atualização da sua linha de ancoragem química, que, entre outros, contará com o lançamento do FIS V Zero, novo chumbador químico totalmente isento de produtos nocivos ao meio ambiente e aos utilizadores, previsto para circular no mercado em 2022.

Para realizar a atualização, a fischer levou em conta a distinção entre injetáveis e ampolas, além da divisão entre as três famílias de tipos de resina: Poliéster, Viniléster e Epóxi. Dentro de cada família os chumbadores diferenciam-se pelas certificações, desempenho e características de aplicação.

De acordo com o Gerente de Engenharia da fischer Brasil, Tiago Marcante, a companhia é uma das mais inovadoras do mundo e seu foco não é apenas lançar novos produtos, mas também aprimorar aqueles já consolidados no mercado, aumentando o desempenho e agregando recursos. “Trabalhamos para sempre oferecer aos clientes os produtos de melhor desempenho no mercado. Nossos chumbadores químicos são produzidos e desenvolvidos na Alemanha por equipes multidisciplinares não apenas conectadas às tendências, mas precursoras a elas”, explica.

Pensando nisso, a estratégia de atualização da empresa contemplou os seguintes modelos:

Divulgação

FIS EM Plus: a resina epóxi de alto desempenho para aplicações em concreto fissurado. O FIS EM Plus é o primeiro chumbador químico no mercado com certificado independente de 120 anos de vida útil. Há poucos anos, o tempo máximo considerado para chumbadores químicos era de 50 anos. Porém, ao pensar em grandes obras de infraestrutura, como túneis e pontes, espera-se que elas continuem íntegras por muito mais tempo.  O FIS EM Plus tem certificado para aplicações em regiões de abalos sísmicos, furos submersos e realizados com broca diamantada, a qual deixa a parede do furo lisa, impedindo o uso de alguns chumbadores;

FIS V Plus: a poderosa resina universal para concreto e alvenaria.  O chumbador químico é composto de resina viniléster e criado a partir de melhorias efetuadas na formulação do já consolidado FIS V, as quais atendem patamares extremos de carga e aplicações. Com certificado de vida útil de 100 anos, a resina híbrida possui as mais diversas aprovações técnicas.

Ampola RM II: o primeiro chumbador químico utilizado com barra roscada comum que dispensa a limpeza do furo, o que, além de trazer alto ganho de produtividade na obra, proporciona maior segurança quanto à correta instalação. Composta por resina viniléster, apresenta o menor tempo de cura do mercado, apenas cinco minutos em temperaturas de 20°C;

Divulgação

FIS V Zero: Chumbador químico com foco na saúde e segurança, que possui zero substâncias perigosas na sua formulação, dispensando inclusive a necessidade de ficha de segurança, conforme a legislação local. Faz parte da família de resina viniléster e tem previsão de lançamento para os próximos meses;

FIS SB: também composto por resina viniléster, é um chumbador de alto desempenho indicado para concreto e utilização em temperaturas extremas, podendo ser aplicado em locais de até -15°C e, após curado, é certificado para atuar entre temperaturas de -40°C e +150°C.

Além destes, a fischer Brasil também possui os seguintes modelos:

FIS V: o chumbador químico mais versátil encontrado atualmente. Pode ser aplicado em concreto ou bases ocas, apresentando uma cura total em tempo inferior a uma hora.

Argamassa de injeção FIS V Plus. Divulgação/fischer

FIS EB: pode ser considerado uma versão econômica do FIS EM Plus. Também possui aprovações internacionais e desempenho acima da média do mercado;

FIS EP: completa a família epóxi, sendo um chumbador químico de baixo custo, para aplicações mais simples, mas que exigem um desempenho seguro.  Substitui o uso de epóxi em lata para fixações, reduzindo drasticamente o desperdício;

FIS P: composto por resina poliéster para fixações em alvenaria.  É utilizado para fixações mais simples e de baixa responsabilidade, como portões, antenas e prateleiras, sendo o mais utilizado na bricolagem.

Como os chumbadores químicos funcionam?

A ancoragem química é um método de fixação de insertes pós-instalados que não produz tensão no concreto, tendo um sistema composto por um adesivo bicomponente e um inserte metálico.  Ao misturar a resina e endurecedor que formam o adesivo, inicia-se um processo de cura que, ao ser finalizado, cola o inserte ao substrato. Dessa forma, as cargas aplicadas no inserte são transferidas para o adesivo e do adesivo para o substrato.

Divulgação

Chumbadores químicos, por sua vez, são a solução para fixação de cargas extremas em diversos substratos, como concreto, alvenaria ou rocha. Segundo Tiago Marcante as ancoragens químicas estão ligadas ao conceito deste tipo de fixação, enquanto, na maior parte dos casos, o termo “chumbador químico” é mais relacionado ao produto em si. “Há um mercado muito amplo para uso desses produtos, mas podemos dividir em dois conceitos básicos: quando os chumbadores são concebidos no projeto original e quando são necessários para corrigir, recuperar, ampliar ou renovar uma construção”, esclarece o engenheiro.

É importante destacar ainda que existem dois tipos de chumbadores químicos no que diz respeito à aplicação: injetáveis ampolas. A fischer utiliza a nomenclatura FIS, abreviação de “fischer Injection System” (Sistema de injeção fischer), para toda sua linha de chumbadores químicos injetáveis. Neste sistema, resina e endurecedor são armazenados em diferentes compartimentos dentro de um cartucho. No segundo tipo, os componentes também se mantêm isolados em câmaras distintas, porém, dentro de uma ampola que é inserida inteira dentro do furo, previamente limpo. No caso dos chumbadores injetáveis, a profundidade da ancoragem pode variar conforme a necessidade, mantendo-se o diâmetro. Enquanto na ampola, as medidas são padronizadas.

Para dúvidas ou maiores informações sobre a linha atualizada de chumbadores químicos acesse o site da fischer Brasil.

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.