Canadá emprega na construção civil

O fundador e presidente da Cebrusa, empresa que oferece soluções completas em imigração, Daniel Braun, faz uma análise sobre setor da construção civil em algumas cidades canadenses.

246

Por Marlon Pablo

JCC- Todo país forte, possui uma construção civil forte. É assim, no Canadá?

Resposta: Sim. A construção civil é uma área muito forte em todo Canadá, principalmente na província de Quebec, que pela quarta vez teve um aumento de demanda nessa área. Existe uma infinidade de formações e áreas em demandas para estrangeiros qualificados que desejam trabalhar no país.

JCC- Quais são os principais projetos de engenharia que estão em construção no Canadá?

Resposta: Existem vários, vamos citar alguns abaixo: Na Colúmbia Britânica são principalmente instalações, gasodutos e projetos de infraestrutura de GNL (Gás Natural Liquefeito). Em Alberta, são projetos petroquímicos e de dutos a curto prazo. A manutenção e recuperação aumentam as demandas por trabalhadores com habilidades especializadas nessas áreas. Em New Brunswick são projetos de infraestrutura pública e uma reforma hidrelétrica que deve aumentar muito as demandas nessa área.

JCC- Para o profissional do setor de construção quais as oportunidades e os salários?

Resposta: Os salários podem variar de acordo com a qualificação. Existem diversas oportunidades no setor da construção civil em todo o Canadá. Cada província possui demandas específicas de vagas, Quebec, por exemplo: que é um dos lugares com alta procura para trabalhadores, tem escassez nas seguintes áreas: tecnólogo em eletromecânica, engenheiro civil, elétrico e industrial, técnico em desenho industrial, especialista em refrigeração, instalador de sistemas de segurança, soldador, pintor de prédio, entre outros.

Já Ontário precisa de profissionais como ajudante de pedreiro, de betoneira, carpinteiro, trabalhador para pavimentação em concreto e auxiliar de construção, demolição e perfuração. A província da Colúmbia Britânica também necessita de pessoas na área da construção civil, como gerente ou superintendente de construção, gerente de projetos de construção e empreiteiro geral.

JCC- O clima – frio é um fator atrapalhador para o profissional brasileiro? Há um corte no faro idade? Tem um limite?

Resposta: A idade é algo que o governo canadense leva em consideração na tabela de pontos para a imigração. Porém, isso não quer dizer que uma pessoa sênior não vai conseguir ou ter menos chances de ganhar uma oferta de trabalho. Pelo contrário, uma pessoa com 10 anos de experiência pode ter mais chance do que um jovem de 21 anos, sem experiência. O clima não é algo que impede ninguém de trabalhar por lá. O país tem tantos benefícios que a questão “frio” não chega a ser um problema.

JCC- Quais os critérios para o cidadão brasileiro poder se candidatar nas áreas em demanda? E o idioma?

Resposta: Principalmente ter noções de francês ou inglês (dependendo da província), experiência e formação na área também são importantes. Os candidatos estrangeiros selecionados são qualificados para o trabalho. Então para isso acontecer é necessário se encaixar nesses critérios para a empresa que fizer a contratação conseguir justificar o motivo dessa contratação e da confiança em cima daquela pessoa.

JCC- O Canadá continua sendo um dos principais países do mundo para se morar e viver?

Resposta: O Canadá cada vez mais cresce como um dos melhores países em qualidade de vida para se morar. O país é o segundo no mundo todo em vários pontos, como qualidade na educação, desenvolvimento econômico, direitos democráticos, possibilidade de comprar uma casa de maneira simples, bons índices de nível universitário, acesso a saúde de qualidade e muitas outras coisas que fazem do país um dos melhores do mundo para se viver.

Fonte: assessoria de imprensa

 

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.