Energia eólica pulsa forte no Brasil. Região nordeste já representa 62% de energia limpa.

0 101

Por Severian Rocha

Rio, setembro, 2017 – Aguardado com grande expectativa, os Leilões de energia nova, marcado pelo Ministério de Minas e Energia para dezembro deste ano pode marcar um destravamento econômico de toda a cadeia produtiva do setor. Empresas nacionais e estrangeiras estão de olho nessas oportunidades.

21222712_1386989341414486_1790066622_o
Elbia Gannoum, Presidente Executiva da ABEEólica

Segundo a Associação Brasileira de Energia Eólica (ABEEólica), hoje o país conta mais de 450 parques eólicos instalados no país, abastecendo mais de 18 milhões de residências ou equivalente ao consumo total do estado de São Paulo. No nordeste todos os estados estão com parques eólicos em funcionamento, entre os destaques temos, Piauí (47), Ceará(70), Bahia(79), Pernambuco(32) e Rio Grande Norte(129). No sul, Rio Grande do Sul se destaca com 79 parques, Santa Catarina com 14 parques e Paraná com 01. Outro dado importante é que no setor eólico, para cada MW instalado, se gera 15 postos de trabalho gerando no acumulado um total de 180 mil empregos até este momento, fomentando qualificação profissional e empregabilidade local nessas regiões do país.

Robinson Faria, governador do Rio Grande do Norte.

O Jornal da Construção Civil cobriu o WindPower Brazil 2017 e aproveitou para conversar com pessoas ligadas ao setor no Brasil. O  governador do Rio Grande do Norte e a presidente da ABEEólica foram alguns dos entrevistados.

Elbia Gannoum, presidente executiva da ABEEólica, comemorou os 12GW instalados e celebrou os avanços do setor eólico nestes últimos anos. “ Esses 15 anos, principalmente os últimos 5…6 anos que de fato, a Eólica cresceu e participou de leilões foi um período de estruturar a base da Eólica no Brasil, de entender e demostrar a consolidação da eólica no país. Vimos nos depoimentos dos operadores e até do ponto de vista da operação que a eólica está consolidada. Agora, é olhar para o futuro e  entender as inovações e nos prepararmos para esse crescimento. É unanime a opinião tanto nossa, como do governo que o futuro do Brasil é a expansão das energias renováveis (PChs, Eólica, Biomassa, Solar), sendo a eólica a principal delas”, comentou empolgada.    

Já Robinson Faria, governador do Rio Grande Norte, (estado com o maior número de parques eólicos no país), disse que o momento é de união. “Na hora que houver uma união do setor privado com o público o resultado positivo será imediato. Então, eu digo que a palavra chave pra este momento de crise que o Brasil atravessa é integração. Integração é a palavra chave. O estado está pronto para atender qualquer demanda econômica/produtiva, com infraestrutura excelente, aeroportos, rodovias, saneamento, segurança e turismo forte”, disse entusiasmado.  

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.