Empreendimento de brasileiro é considerado um dos mais sustentáveis da Europa

286

Lisbon Green Valley, do André Jordan Group, atrai cada vez mais moradores internacionais em Portugal por conta de sua preocupação ambiental

Outubro, 2017 – Referência em acolher moradores brasileiros e de diversas nacionalidades, o Lisbon Green Valley, nova fase do Belas Clube de Campo, um dos principais empreendimentos imobiliários de Portugal, também se destaca cada vez mais em outro aspecto: a sustentabilidade. A preocupação ambiental é um dos pontos defendidos pelo brasileiro Gilberto Jordan, CEO do grupo e filho de André Jordan, este considerado um dos grandes nomes do imobiliário português nas últimas décadas.

Empreendimento de brasileiro é considerado um dos mais sustentáveis da Europa. Divulgação

O empreendimento recebeu uma certificação A++ do sistema LiderA (um dos principais em avaliação de sustentabilidade), sendo qualificado com um desempenho ambiental superior a 90%, o que torna o Belas uma das mais sustentáveis moradias de todo o continente.  “A preocupação ambiental e o respeito absoluto pela natureza são exigências incontornáveis e que estão refletidas em todos os projetos que desenvolvemos. Tudo foi pensado ao detalhe para reduzir os impactos ambientais e aumentar a eficiência energética, resultando em poupanças significativas”, explica Gilberto Jordan, que estará em São Paulo e no Rio de Janeiro neste mês para promover o Lisbon Green Valley

“Desde a qualidade da construção, aos isolamentos, a escolha dos materiais, a utilização de sistemas de reutilização de águas, os painéis solares, a escola de eletrodomésticos classe A+, entre muitos outros, são vantagens para não apenas para o ambiente mas também para os proprietários”, completa.

Localizado a apenas 15 minutos do centro de Lisboa, o Lisbon Green Valley é um dos projetos imobiliários mais sustentáveis da Europa. O projeto, que conta com um investimento global de €100 milhões na primeira fase, privilegia a defesa dos valores mais sensíveis da natureza, proporcionando aos moradores e visitantes um reconfortante contato direto com amplas áreas verdes perfeitamente preservadas, e uma vivência em família num ambiente sustentável de grande tranquilidade e beleza.

Preservação

Assumindo a preservação ambiental como uma prioridade, o empreendimento assegura a captação e posterior reaproveitamento de águas fluviais e reciclagem de água por meio de reservatórios previamente instalados, bem como o tratamento da água das piscinas por via da ionização, reduzindo assim a utilização de cloro prejudicial ao meio ambiente. Reflexo deste compromisso são ainda os coletores solares e painéis fotovoltaicos utilizados, com sistema de acumulação de energia elétrica e gestão inteligente, que permitem assim uma mais eficiente utilização da energia.

A preocupação ambiental é ainda visível na escolha dos materiais e acabamentos, tais como equipamentos envidraçados com alto desempenho solar, utilização de madeiras certificadas provenientes de florestas sustentáveis e outros aspectos como a pré-instalação para carregamento de carros elétricos.

Certificação internacional

Com a construção deste empreendimento que reúne inúmeras especificações da sustentabilidade, o grupo adianta-se de alguma forma à legislação e executa projetos que se aproximam das obrigações da construção do futuro – NZEB (Nearly Zero Energy Buildings) – indo de encontro aos objetivos definidos pelo Protocolo de Quioto em matéria de eficiência energética. Algo que é inovador e está longe de ser a prática comum.

Para mais informações acesse em http://www.andrejordangroup.pt/

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.