Dia Nacional do Aço: conheça a importância dos aços inoxidáveis e elétricos para a economia e o meio ambiente

Ao apostar em inovação e sustentabilidade, Aperam South America agrega valor econômico e ambiental às suas linhas de aços especiais e fortalece indústria nacional

206

No dia 9 de abril é celebrado o Dia Nacional do Aço, produto essencial para o desenvolvimento e muito presente em nosso dia a dia. Resistente, versátil e durável, o aço é fundamental nos setores de energia, construção civil, agricultura e transportes, além de ser matéria-prima de recipientes, ferramentas, materiais, equipamentos, estruturas e utensílios usados em restaurantes, hospitais, laboratórios, fábricas, empresas, residências e nos espaços públicos. O Brasil é o 9º maior produtor de aço do mundo, com um parque industrial composto por 31 usinas e capacidade instalada de 51 milhões de toneladas de aço bruto por ano, conforme dados de 2021 do Instituto Aço Brasil. Minas Gerais é o principal pólo siderúrgico nacional, além de possuir a maior área de florestas plantadas do país (2,3 milhões de hectares), sendo líder na produção e no consumo de carvão vegetal. Esse biocombustível e biorredutor é amplamente utilizado pela siderurgia nacional e nos coloca muito à frente, em termos de sustentabilidade, em relação à indústria mundial, que utiliza de forma preponderante combustíveis fósseis altamente poluentes, como o carvão mineral. Entre os tipos de aço produzidos no Brasil, os inoxidáveis e elétricos têm ganhado importância para o desenvolvimento sustentável, modelo que protege a sociedade, o meio ambiente e as gerações futuras, e do qual a sobrevivência dos negócios e dos biomas já passou a depender.

Auto-forno da Aperam South America, em Timóteo (MG). Divulgação

O principal exemplo de empresa que produz aço inox e elétrico a partir de carvão vegetal de florestas plantadas é a Aperam South America, unidade brasileira do Grupo Aperam, segundo maior da Europa. Com sede em Timóteo, no Vale do Aço (MG), a Aperam é uma produtora integrada de aços planos inoxidáveis, elétricos e carbono, com capacidade produtiva total de 900 mil toneladas de aço líquido por ano. Seus altos-fornos são abastecidos com o carvão vegetal proveniente dos 76 mil hectares de florestas renováveis de eucalipto cultivadas pela Aperam BioEnergia, subsidiária no Vale do Jequitinhonha (MG), dando origem ao Aço Verde Aperam. A empresa é a única produtora de aços planos especiais do mundo que utiliza 100% de carvão vegetal em seu processo produtivo.

Aplicação do aço inox ENDUR 300® em vagão ferroviário
Divulgação Aperam

“A sustentabilidade está presente no DNA da Aperam e permeia todos os nossos processos”, afirma Frederico Ayres Lima, diretor presidente da Aperam South America e da BioEnergia. “Cuidamos desde o aspecto biológico no plantio das mudas, com práticas de melhoramento genético, até a carbonização da madeira, com tecnologia que reduz significativamente a emissão de fumaça na atmosfera, além de um rigoroso controle em todas as etapas da produção. Nossas florestas plantadas absorvem grande quantidade de CO2 da atmosfera, são abrigo para a fauna local, permitem o desenvolvimento de atividades econômicas, como a apicultura, geram emprego e renda e garantem a nossa autossuficiência energética, e consequentemente a sustentabilidade do nosso negócio”, explica o CEO.

Além de serem produzidos com energia limpa, de forma autossuficiente e sustentável, os aços da Aperam, sobretudo os inoxidáveis e elétricos, possuem outras características importantes que representam vantagens competitivas do ponto de vista ambiental e econômico, tanto para a empresa quanto para a indústria nacional. Confira:

Aço inox: reciclabilidade infinita e alta resistência à corrosão

Uso do aço elétrico em torres de distribuição de energia
Photo Stock

O aço inox tem como diferenciais sua excelente resistência à abrasão, à corrosão e ao desgaste e sua reciclabilidade infinita, sendo altamente sustentável. É utilizado em diversos setores da indústria e pela construção civil, com uso crescente também no agronegócio e no transporte de cargas, principalmente cargas úmidas. Entre as soluções  oferecidas pela Aperam, destaca-se o ENDUR 300, comercializado junto ao segmento de transporte ferroviário (vagões de minério) e rodoviário (caçambas basculantes, caminhões betoneira e caminhões de lixo). Trata-se de um aço inox de alta resistência e baixo custo, que oferece resistência à corrosão e ao desgaste com elevadas propriedades mecânicas e vida útil pelo menos 3 vezes maior que a do aço carbono. Outros exemplos são a Betoneira Ultraleve e o Tambor Inoxidável Retornável, aplicações que trazem uma durabilidade infinitamente maior, que se traduz na redução do consumo.

“Com o inox é possível aumentar a vida útil dos equipamentos e reduzir a quantidade de aço utilizado, diminuindo a espessura do material quando possível. O resultado disso é o maior rendimento dos processos e um menor custo de manutenção e mão de obra, e maior disponibilidade dos equipamentos, devido à redução das paradas não programadas”, afirma Roberto Guida, gerente executivo de Desenvolvimento e Estratégia de Mercado da Aperam.

Aço elétrico: eficiência energética e mobilidade sustentável

Os aços elétricos têm excelentes propriedades magnéticas e promovem a economia de energia e a maior eficiência de equipamentos, como geradores, motores elétricos, reatores para sistemas de iluminação e compressores herméticos. Isso acontece pela adição de  silício em sua composição, associada a um rígido controle em todas as etapas de produção. A Aperam South America é a única produtora da América Latina de aços elétricos de grão orientado (GO) e super orientado (HGO) – usados em transformadores de força e distribuição -, e de grão não-orientado (GNO) – usado em motores elétricos, compressores, reatores para sistemas de iluminação e medidores de energia, fornecendo há décadas para o mercado nacional e internacional.

Há 5 anos, em 2017, a Aperam lançou a GoCore Green Performance, linha de aços elétricos com tecnologia avançada para aplicação em transformadores, expandindo sua competitividade no mercado e passando a ocupar um lugar de destaque no seleto grupo de produtores mundiais de aços elétricos de alta performance. “A GoCore tem características notáveis, como alta permeabilidade magnética para operação a altas induções, e seu elevado nível de eficiência resulta em uma grande economia de energia, o que é fundamental para um mundo mais sustentável”, salienta Roberto Guida.

Além disso, há mais de 10 anos, a Aperam desenvolve aços elétricos de grão orientado com foco no setor de mobilidade elétrica, através do seu Centro de Pesquisas e de parcerias com grandes universidades brasileiras, como a USP e a UFMG. Em 2020, a empresa foi reconhecida com a certificação IATF para sua linha de aços elétricos, uma norma internacional amplamente utilizada em toda a cadeia global de fornecimento automotivo, a partir da vistoria realizada pela empresa ABS Quality Evaluations, que avaliou a qualidade, a melhoria contínua e a prevenção de falhas dos sistemas de gestão da empresa. “Continuamos avançando no desenvolvimento de soluções inovadoras para esse segmento estratégico para a economia, e o mercado pode esperar por novidades em breve”, finaliza Guida.

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.