De volta ao campo após 20 anos na cidade

269

Aqui vive uma família feliz”. A mensagem está na porta da casa dos agricultores Eurides Almeida, 59, e Joaquim da Silva, 65, e resume a atual fase do casal.

Juntos há 42 anos, os dois comemoram o retorno para a zona rural, depois de viverem quase duas décadas na periferia de Altamira. “Eu nasci e cresci no campo. Mas vendi meu sitio e fui pra cidade mesmo contra a minha vontade. Foi muito ruim, porque eu não conseguia me acostumar de jeito nenhum com a falta de um quintal, por exemplo”,  lembra seu Joaquim.

BELO MONTE
Casal comemora o título definitivo da nova propriedade rural (Foto: Divulgação/ Norte Energia)

Há menos de dois meses no Reassentamento Rural Coletivo (RRC) construído pela Norte Energia, o agricultor conta que ficou muito feliz com o retorno à região de origem. “Ter um canto sossegado pra morar e plantar era um sonho antigo não só meu, mas também da minha esposa, que é filha de agricultor.”, conta o agricultor, que já faz planos para plantar laranja e cacau.

Localizado no Travessão 27, no município de Vitória do Xingu, o reassentamento é uma obra do Projeto Básico Ambiental da Usina Hidrelétrica Belo Monte. A área é destinada a quem morava nas comunidades rurais influenciadas pelo reservatório da Usina Hidrelétrica Belo Monte.

Cada lote possui 15 hectares de solo fértil para plantação, com um hectare já preparado para cultivo de horta, frutas e criação de animais. Aos moradores do reassentamento foram entregues casas de alvenaria com três quartos, uma sala conjugada à cozinha, banheiro, telhado em cerâmica, energia elétrica e água potável armazenada em caixa d’água de 3 mil litros, abastecida por meio de poço artesiano.

Fonte: Blog Da Usina Belo Monte

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.