Cidades sustentáveis: Campanha Nacional quer colocar a mobilidade ativa na pauta das eleições

UCB, SampaPé!, Mobilize Brasil e Grupo de Estudos em Transportes da UFPR convidam organizações e pessoas que defendem a mobilidade a pé e por bicicleta a apoiar a campanha "Mobilidade Ativa nas Eleições". O objetivo é estimular os candidatos a discutirem o temaa em suas localidades

0 92

Agosto, 2018 – Inserir a pauta da moblidade a pé e por bicicleta no debate eleitoral, e garantir o compromisso das candidaturas com políticas públicas que melhorem as condições para estes deslocamentos é o que propõe a campanha  “Mobilidade Ativa nas Eleições”, lançada por iniciativa da União de Ciclistas do Brasil  (UCB), Sampapé! e Grupo de Estudos em Transportes da Universidade Federal do Paraná (GET-UFPR)

Divulgação

O projeto, que havia sido realizado em eleições anteriores apenas com foco em políticas para a inserção da bicicleta, dessa vez se une a organizações de mobilidade a pé. A ideia é discutir e apresentar propostas às candidaturas e pressioná-las a aderir a compromissos que possam de fato melhorar a qualidade de vida de milhões de brasileiras e brasileiros que se deslocam por modos não motorizados.

 

Carta-compromisso

A campanha procura incidir nas eleições estaduais e presidencial com o apoio de organizações de todo o Brasil. No caso da eleição presidencial, cidadãs, cidadãos e organizações ligadas à Mobilidade Ativa podem colaborar, por meio de formulário online, com a construção de uma carta compromisso que será enviada aos presidenciáveis.

Já para as eleições nos estados, a campanha convida organizações que atuam pela mobilidade ativa a criar grupos de trabalho para incidir na discussão de programas de governo e nos debates eleitorais nas candidaturas ao governo do Estado, Assembleia Legislativa estadual, Câmara dos Deputados e Senado Federal. Para ajudar as organizações a alcançar os melhores resultados, a equipe da campanha oferece suporte de materiais base para a elaboração de cartas-compromisso e desenvolver estratégias de divulgação.

Divulgação

Engajamento

Para participar, as organizações interessadas devem se inscrever no site da campanha Mobilidade Ativa nas Eleições. Não é necessário que a organização esteja formalizada para participar da iniciativa. A coordenação da campanha destaca que a incidência sobre as eleições estaduais é mais eficiente quando organizações de diferentes cidades trabalham juntas – e por isso incentiva e auxilia a coalizão entre elas.

“Acreditamos que a articulação entre as organizações das capitais em conjunto com as do interior de cada estado será uma oportunidade de engajamento importante para potencializar as políticas públicas estaduais que é um desafio no âmbito da mobilidade ativa, além de ser uma boa oportunidade de se formar coalizões para um melhor controle social nos estados onde são sediadas essas organizações.”, aborda Erica Telles, diretora administrativa da UCB.

Leticia Sabino, diretora do SampaPé!, destaca o caráter formativo e informativo da campanha: “É muito difícil para cidadãs e cidadãos, organizações da sociedade civil e até mesmo candidatas e candidatos federais e estaduais entenderem quais são suas responsabilidades e atribuições que podem melhorar a experiência dos deslocamentos ativos nas cidades.” Ela reforça que a campanha deve cumprir esta função por meio das demandas das cartas-compromisso.

Já Ana Carolina Nunes, também diretora do SampaPé!, comemora o pacto entre as organizações de bicicleta e de mobilidade a pé: “Para incidir na política é preciso pactuar compromissos para cidades e ambientes amigáveis e seguros para quem está se deslocando ativamente, e por isso as organizações devem trabalhar juntas, de forma a garantir melhor qualidade de vida para todas e todos, afinal em algum momento todos somos pedestres”.

Para mais informações, acesse o site da campanha Mobilidade Ativa nas Eleições.

Fonte: Imprensa/ Mobilize Brasil

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.