Checklist contra incêndios; previna e minimize riscos com 11 medidas de segurança

0 215

Há 17 anos no mercado de proteção contra incêndios, a CKC do Brasil, maior distribuidora no Brasil de produtos de Proteção Passiva Contra o Fogo para Construção Civil e Indústria, acaba de criar uma lista com 11 medidas de proteção passiva e ativa para evitar, reduzir e controlar incêndios em empresas, condomínios, residências e locais de grande circulação de pessoas. 

Confira o checklist e ajude a salvar vidas e patrimônios.

CKF-OK
Imagem: Divulgação

Proteção Passiva (sem necessidade de acionamento para desempenhar a segurança)

– Materiais de acabamento e revestimento internos e externos tratados com tintas e vernizes antichamas para controle de combustibilidade e fumaça aumentam a segurança das edificações

– Estruturas metálicas protegidas com revestimento intumescente resistem por mais tempo ao fogo antes do colapso. Os produtos podem ser aplicados em ambientes internos e externos e conferem um tempo de resistência que vai de 30 a 180 minutos

– Cortinas ou paredes corta-fogo compartimentam ambientes (horizontal e vertical) e impedem que as chamas e a fumaça se alastrem, mantendo a passagem livre sem a obstrução de paredes

– Mecanismos que direcionam e promovem exaustão adequada de vapores e gases tóxicos ajudam a prevenir intoxicação por fumaça. Cortinas especiais e sistemas de exaustão natural e mecânicos contribuem para a redução do acúmulo de fumaça no ambiente incendiado

– Saídas de emergência devem ser de fácil acesso, e estar sempre livres, para a evacuação segura de pessoas

Proteção Ativa (requer acionamento manual ou automático para desempenhar a segurança)

– Sistemas de detecção e avisos sonoros alertam os ocupantes a deixar o local imediatamente 

– Rede de hidrantes e mangotinhos (mangueiras semi-rígidas) para uso exclusivo do Corpo de Bombeiros e voluntários

– Extintores combatem princípios de incêndio com eficácia, mas precisam de manutenção constante e a verificação deve ser feita por empresas cadastradas no Corpo de Bombeiros e legalizadas na prefeitura de cada cidade

 – Sistema de sprinklers (chuveiros) em ambientes e corredores reduzem a temperatura e controlam o fogo

– Iluminação de emergência fornece visibilidade para rotas de fuga e vias de passagem

– Planos de Emergência e de Brigada de Incêndio são vitais para preservação da integridade humana, abandono de área e controle de pânico nas empresas – mas precisam ser elaborados por escrito por profissional habilitado (engenheiros, técnicos ou especialistas em gerenciamento de emergências) e postos em prática por brigadistas treinados. Simulações periódicas são importantes.

Especialistas da CKC do Brasil orientam ainda a sempre consultar as exigências do Corpo de Bombeiros de cada Estado para garantir que os requisitos mínimos de segurança sejam atendidos e que a proteção passiva e a ativa possam atuar com eficácia em caso de eventual incêndio.

Na web, a CKC do Brasil está em www.ckc.com.br.

Fonte: Assessoria de Imprensa CKC do Brasil 

 

 

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.