CBIC: FALTA DE INVESTIMENTO DERRUBA EMPREGO NA CONSTRUÇÃO

0 257

Boletim CBIC

Setor perde 416 mil vagas: programa habitacional segura retração maior 

PAC
Nota: Quando o índice varia no intervalo até 100, menor a confiança, em 100 há neutralidade e acima de 100 maior confiança.

O Instituto Brasileiro de Economia (Ibre), da Fundação Getúlio Vargas (FGV), publicou em janeiro a Sondagem da Construção, com quesitos especiais sobre o Programa de Aceleração do Crescimento (PAC) e o Minha Casa, Minha Vida (MCMV).  O estudo foi realizado com 702 empresas brasileiras do setor da construção, em dezembro de 2015. A avaliação dos economistas do Ibre, liderados pela economista e coordenadora de projetos da construção da FGV, Ana Maria Castelo, é que os programas de incentivos do governo ainda “seguram” à atividade econômica no setor da construção, mas ainda sofrem com os constantes atrasos de pagamentos. “As duas maiores preocupações do setor nesse instante são os atrasos de pagamentos e o desemprego, que ficam refletidos nessa pesquisa”, alerta o presidente da Câmara Brasileira da Indústria da Construção (CBIC), José Carlos Martins. 

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.