CBIC: Déficit habitacional é de 5,877 milhões de moradias no País

226

Boletim CBIC

Março, 2021 – O déficit habitacional no Brasil passou de 5,657 milhões, em 2016, para 5,877 milhões, em 2019. O déficit habitacional relativo foi de 8% em 2019. Os dados foram divulgados nesta quinta-feira (04/03) pela Fundação João Pinheiro (FJP) e constam no estudo ‘Déficit Habitacional e Inadequação de Moradias no Brasil’.

Contratado pela Secretaria Nacional de Habitação do Ministério do Desenvolvimento Regional, o trabalho contempla informações de 2016 a 2019. “Em virtude de mudanças metodológicas, os dados atuais não podem ser comparados com os divulgados até o ano de 2018, que informam resultados até 2015”, destaca a economista do Banco de Dados da CBIC, Ieda Vasconcelos.

De acordo com o estudo da FJP, o déficit habitacional total corresponde a soma de cinco subcomponentes:

  • Domicílios rústicos
  • Domicílios improvisados
  • Unidades domésticas conviventes déficit
  • Domicílios identificados como cômodo
  • Domicílios identificados com ônus excessivo de aluguel urbano.

O estudo constatou aumento da participação das mulheres como responsáveis pelos domicílios característicos do déficit. “Esse é um dado importante, porque pode possibilitar novas análises para a formulação de políticas públicas direcionadas à solução do problema”, ressalta Vasconcelos.

O trabalho da FJP também apresenta informações sobre a inadequação de domicílios urbanos. No total, 14,257 milhões possuem carência de infraestrutura urbana e 11,246 milhões de moradias possuem carências edilícias. Portanto, o total de domicílios inadequados no País corresponde a 24,894 milhões. informativo economico 04 marcio 2021 deficit habitacional

A ação integra o projeto ‘Banco de Dados da Construção –  BDC’, realizado pela CBIC em parceria com o Serviço Nacional de Aprendizagem Industrial (Senai Nacional).

Veja a íntegra da análise da economista Ieda Vasconcelos no Informativo Econômico do Banco de Dados da CBIC

Fonte:  CBIC

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.