CASE é eleita destaque em pós-venda

0 100

Marcas foram avaliadas por profissionais e empresas usuárias de máquinas em pesquisa feita pela Sobratema

Novembro, 2017 – A Case Construction Equipment recebeu o prêmio “Destaque Pós-Venda 2017” na categoria Equipamentos para Terraplanagem, realizado pelo Núcleo Jovem da Associação Brasileira de Tecnologia para Construção e Mineração (Sobratema).

As marcas do segmento foram avaliadas por profissionais, especialistas e empresas usuárias de máquinas em suas soluções de pós-venda.

O engenheiro de Serviço Rogério Toneto e o gerente de Serviço Relton Henrique Cesar recebem o Prêmio da Sobratema. Divulgação

O gerente de Serviço da CASE, Relton Henrique Cesar, recebeu o troféu, entregue durante a 12ª edição do evento Tendências no Mercado da Construção. “Investimos em pós-venda continuamente na última década para alcançar o padrão atual, que engloba soluções tecnológicas e equipes de profissionais qualificados em toda a rede de concessionários, nas filiais e pontos de assistência. Contamos ainda com o suporte de dois Centros de Distribuição de Peças, que são integrados mundialmente”.

Em sua terceira edição, o “Destaque Pós-Venda 2017 – Sobratema” é entregue às marcas com melhor votação sobre a qualidade de serviços de pós-venda. Entre os quesitos avaliados estão: a localidade e a estrutura de pós-venda da marca, a facilidade do contato inicial, a qualidade no atendimento em campo, a entrega técnica e o treinamento de operação, a disponibilidade de peças de reposição e se o profissional recomenda a marca avaliada para um amigo.

Manutenção preventiva – O pós-venda da CASE trabalha com um foco: garantir altos índices de produtividade nas máquinas de construção. Para isso, a principal ferramenta é a manutenção preventiva.

A marca conta com uma área de Soluções que faz parte do programa CASE CARE e inclui Plano de Manutenção Preventiva, do qual faz parte o sistema de análise de fluidos SystemGard; uma área exclusiva para demonstração do sistema de monitoramento de frota via satélite SiteWatch; ferramentas de diagnóstico Eletronic Service Tool (EST) e o último lançamento, o DATAR, que faz a análise de vários parâmetros, coletados em intervalos de frações de segundos e que podem ser relacionados entre si na hora do diagnóstico.

“O objetivo é se adiantar a qualquer problema e evitar queda de produtividade e até máquina parada com muito mais precisão e segurança”, completa.

Para mais informações acesse em  www.cnhind.com

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.