Carnaval aquece a reciclagem de latinhas em São Paulo

233

Período de festa contribui para o Brasil manter a liderança no índice de reciclagem de latas de alumínio desde 2001

 

Mais de 4 toneladas de latinhas foram coletadas e recicladas durante o Carnaval no Sambódromo de São Paulo neste ano. Com este volume, os foliões paulistanos contribuíram para que o país se mantenha no topo do ranking de reciclagem.

ABAL

De acordo com a ABAL – Associação Brasileira do Alumínio, temos o recorde mundial de reciclagem de latinhas de alumínio, com índice chegando a 98,4% – o maior desde 2001.

No total, foram coletadas mais de 10 toneladas de material reciclável, de acordo com a Autoridade Municipal de Limpeza Urbana (AMLURB), que opera durante todo o Carnaval em parceria com a SPTuris. Para este ano, uma equipe de 40 catadores da Cooperativa Central Tietê, distribuídos em todo o Sambódromo, além de 12 técnicos da Amlurb participaram desse movimento sustentável.

Sobre a ABAL

Fórum legítimo do setor, desde 1970, a Associação Brasileira do Alumínio defende os interesses das empresas que atuam diretamente ou dependem da indústria do alumínio. A entidade representa o setor junto ao governo e à sociedade, além de participar de fóruns e eventos relacionados aos negócios de seus associados. Mantém, ainda, parceria com federações e outras associações para ampliar o diálogo com toda a cadeia produtiva.

Disseminadora de conhecimento, a ABAL responde pela elaboração das normas técnicas para processos e produtos de alumínio, além de contribuir com a capacitação profissional por meio de cursos, palestras e seminários em diversas áreas. É missão da entidade tornar a indústria do alumínio mais sólida, forte e competitiva.

Fonte: Assessoria de Imprensa ABAL

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.