Bom desempenho: PIB da construção sobe 9,7% em 2021

Dificuldades estruturais da economia devem resultar em crescimento não tão robusto em 2022, comenta o SindusCon-SP

230

O PIB (Produto Interno Bruto) da construção se elevou em 1,5% no quarto trimestre de 2021, na comparação com o terceiro. Com isso, o PIB deste setor cresceu 9,7% no ano passado, recuperando-se da queda de 6,3% do ano anterior, conforme divulgou o IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística), em 4 de março.

De acordo com Eduardo Zaidan, vice-presidente de Economia do SindusCon-SP, “o resultado mostrou que a construção respondeu positivamente às dificuldades enfrentadas, como a alta dos preços dos materiais do setor. Já em 2022 ainda deveremos registrar crescimento, embora não tão robusto como o do ano passado, em função das dificuldades estruturais da economia que levaram à elevação dos juros e à maior cautela por parte dos investidores.”

Na comparação com o quarto trimestre de 2020, o PIB da construção cresceu 12,2%. No terceiro trimestre, esta alta havia sido de 10,9%, e no segundo, de 13,5%.

De seu lado, as atividades imobiliárias registraram queda de 0,4% no quarto trimestre, na comparação com o terceiro. Mesmo assim, essas atividades tiveram em 2021 crescimento de 2,2%, na comparação com 2020. Na comparação do quarto trimestre do ano passado com o mesmo período do ano anterior, houve leve crescimento de 0,2%.

A Formação Bruta de Capital Fixo se elevou em 17,2% em 2021, na comparação com 2020, ano em que declinara 0,5%. Na comparação do quarto trimestre do ano passado com o terceiro, a FBCF registrou ligeira elevação de 0,4%. Já a taxa de investimento ficou em 19,2% do PIB em 2021 – alta expressiva, em relação aos 16,6% registrados em 2020.

Fonte: SINDUSCON-SP

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.