Auxílio Emergencial ou Impeachment: 58 milhões de brasileiros podem ficar sem R$ 600,00, caso governo federal acabe com a ajuda.

Cresce movimento de pressão sobre Paulo Guedes e Parlamentares manterem o auxílio emergencial de R$ 600,00 até dezembro de 2020.

326

Da Redação – Jornal da Construção Civil

Junho, 2O20 –  Brasil vive seu pior momento econômico, politico e sanitário da história. De acordo com o consórcio de imprensa(O Globo, Folha de São Paulo, Estadão, UOL, e G1), hoje já temos mais de 1 milhão de infectados e mais de 50 mil mortos pelo Corona Vírus.  Uma tragédia sem precedentes. Colocando o país num ranking dos piores países no combate ao Covid-19.

Além deste grave problema de saúde, a economia, que já estava num estatus de stand by, desde de 2016, entrou em colapso. Em reportagem feita pelo jornal Agora em São Paulo(21/6), 20 mil lojas já fecharam na capital paulista. No Rio, o Home Office agora é oficial. O resultado foi imediato no setor comercial. Cerca de 50% das salas comerciais estão desocupadas, inclusive os coworkings modernos(70% de desocupação). Uma cidade que já havia sofrido por diversos problemas de gestão política, agora agoniza por mais um intempérie: uma pandemia.

Todo esses problemas impactaram diretamente nos empregos, que ja não estavam muito bem.  Os índices do IBGE (jun\20) mostram que 28 milhões de brasileiros perderam seus empregos. E 50% da população ativa está sem renda ou seja, 87 milhões de brasileiros. Quer mais caos do que isso? E diziam que tudo estava melhorando. Os fatos não comprovam nada disso. Muito pelo contrário.

Se tudo que acontece na vida é para melhorar, esse senso comum ainda não se fez presente no país. Nessa cegueira da crise econômica naccional , Paulo Guedes, – Ministro da Economia-, e Jair Bolsonaro – Presidente da República-, sustentam que incapacidade e insegurança uma mísera quantia de seiscentos reais uma ajuda para aqueles que não possui trabalho formal. Vejamos:  O trabalhador brasileiro tem que fazer um cadastro em  aplicativo, onde será avaliado o pedido, conforme informações e cruzamentos de dados analisados pela DataPrev. A ideia foi até boa, mas, a população sofreu por erros e danos  com informações desencontradas.

Para a conter  Pandemia do Covid19, em todo mundo,  bilhões em recursos financeiros públicos, foram disponibilizados para ajudar pequenas, medias e grandes empresas. No Brasil o ritmo segue contrário. Explico: as grades empresas já tem ajuda garantida. Segundo o ministro da economia – Paulo Guedes, em reunião ministerial diz:  ” só vamos ganhar dinheiro com as grades empresas”. Para as pequenas e medias empresas,  cerca 40 bilhões foram ofertados pelo Banco Central. Desse montante, 3 bilhões foi liberado.Ou seja: poucos conseguiram da ajuda prometida.

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.