Artigo: O que se espera para São José dos Pinhais nos próximo anos

0 138

Julho, 2017 – O Instituto Paranaense de Desenvolvimento Econômico Social (Ipardes) estima que nos próximos 23 anos a população de São José dos Pinhais(PR) crescerá mais de 50%. Ou seja, deixaremos de ser 300 mil e somaremos 469 mil habitantes. É o que noticia o site pautasjp.com na segunda-feira (17).

Eloi Bastos

Esta informação já seria o suficiente para avaliarmos algumas importantes questões referentes ao desenvolvimento urbano. Mas, um outro dado também chama atenção. Considerando-se a população flutuante, aquela composta por moradores de outros municípios que trabalham em São José, serão mais de 500 mil pessoas.

Se analisarmos espaço territorial, não há o que temer. Afinal, nosso município ainda tem bastante espaço para crescer. Porém, para atendermos a esta crescente demanda, precisamos mais do que crescimento. Precisamos de desenvolvimento.

A cidade vem expandindo para a face sudoeste, sentido Fazenda Rio Grande. Por isso é notório o grande número de conjuntos residenciais localizados na Colônia Rio Grande e redondezas, geralmente no perfil habitação popular (apartamentos de dois dormitórios e uma vaga de garagem, padrão mínimo financiado pela Caixa Econômica).

E assim, podemos observar ainda o perfil socioeconômico que vem movimentando o mercado imobiliário são-joseense. São famílias de baixa e média renda que dependem diretamente dos serviços públicos. Por isso, é fundamental que tenham acesso fácil e rápido a equipamentos urbanos como escola, posto de saúde, transporte, policiamento, parques e áreas de lazer e convivência.

Portanto, o que se espera é que a região sudoeste receba fortes incentivos nos próximos anos. Pois um local bem estruturado, que dê condições de uma vida prática e dinâmica, também atrairá o comércio e a indústria, aumentando a oferta de empregos àqueles que moram nas proximidades. É num cenário como esse que temos visto nossos construtores apostar.

Do ponto de vista urbanístico, não podemos esquecer a proporcionalidade de tudo que uma cidade oferece. Se o tráfego aumenta, o trânsito precisa ser repensado. Se cresce o número de crianças, precisamos de mais escolas. E assim por diante. E então, o que todos esperamos para os próximos anos – e que sejam menos que 23 – é que São José dos Pinhais alie crescimento com desenvolvimento.

Até breve!

Eloi Bastos –  Arquitetura e Marketing Imobiliário

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.