37ª Paralela Design tem sucesso de público e se consolida como um evento de negócios para o design

266

Fevereiro, 2020– Nos últimos dias 12, 13 e 14 de fevereiro, Marisa Ota realizou a 37ª edição da Paralela Design, na Oca do Ibirapuera. A feira, que completa 19 anos, se consolida como um evento voltado para os negócios do design, trazendo um público especializado que tem a mesma premissa de sua realizadora: fomentar profissionais e o mercado.

Nesta edição, a Paralela trouxe novos expositores, entre empresas e designers. Além deles, a feira apresentou o projeto Katachi, de representação de novos nomes do mercado de mobiliário e objetos. “Conversando com alguns expositores, constatamos que a Paralela é uma feira que tem uma clareza muito grande no seu propósito. Foi uma edição de muito sucesso comercial, tivemos negócios fechados, venda, e isso reforça a Paralela como referência de business. O posicionamento do evento é consolidado no mercado, e isso trouxe, além de novos expositores, visitantes que até então não tinham vindo para a feira”, comenta Marisa. “Além disso, tivemos uma sintonia entre a organização e a comunicação da feira, com produção de conteúdo diário em nossas mídias sociais, assim como uma nova identidade visual para esta edição”, completa.

Além de oferecer novos produtos do setor, a Paralela se envolve em oferecer conteúdo. Foi o caso dos seis talks que a feira promoveu, abrangendo temas como nossa relação afetiva com os objetos de design, o design e a indústria, como criar uma maquiagem consistente, além de trazer convidados especiais, como a família Ferreira, descendente direta do casal Lampião e Maria Bonita. “Foi  uma honra termos a família Ferreira em nosso evento, trazendo a história viva do Brasil para quem visitou a Oca”, conta Marisa. A Paralela também contou com o projeto Yurta Caraíva que, sob a curadoria de Fabio Galeazzo, mostrou a cabana originária do Quirguistão e foi construída por indígenas pataxós de Caraíva, sul da Bahia, em uma ambientação com peças de design assinados por alguns expositores da feira.

Outro pilar reforçado nesta edição, a sustentabilidade foi uma preocupação constante, desde a cenografia feita com papel reciclado da Crafta Inteligente, até os novos meios de divulgação de informações aos visitantes, gerando menos resíduo físico.

A biofilia, a produção sustentável, a empatia com as pessoas e a natureza como elementos transformadores da comunidade são temas que estiveram em todos os segmentos da Paralela 2020. “Fomentar o design em toda a sua completude é valorizar os recursos e reaproveitá-los, como fazemos sempre com a estrutura da feira. Além disso, estamos ainda mais engajados em reduzir insumos não aproveitados”, enumera Marisa Ota.

Paralela Design               
www.paraleladesign.com.br

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.