Alemã Balluff completa 35 anos no Brasil

Inicialmente de olho na indústria automobilística, hoje a empresa foca seu olhar em projetos mais inteligentes e que envolvam outros segmentos do mercado

0 319

Novembro, 2018 – Uma das maiores empresas no segmento de tecnologia em sensores, a Balluff comemora 35 anos de história no Brasil. A trajetória da companhia alemã, que chegou ao país em 1983, está ligada diretamente a uma importante fase da economia brasileira: o crescimento da indústria automobilística, que possibilitou ligar o território nacional de norte a sul. “Foi um período em que houve um aumento na quantidade de automóveis produzidos e uma grande demanda por produtos importados. As montadoras estavam instalando seus parques fabris e a empresa detectou esse crescimento na época”, explica a atual CEO, Adriana Silva.

No Brasil, as operações começaram por meio de representantes e os produtos se resumiam basicamente a sensores e chaves mecânicas. Alguns anos depois, tornou-se joint venture e, em 1996, inaugurou sua primeira fábrica em solo brasileiro, na cidade de Vinhedo, interior de São Paulo, lançando-se como a primeira e única empresa multinacional com fabricação de sensores no país.

No entanto, a empresa foi além do segmento que a trouxe ao Brasil, deixando de atender exclusivamente clientes como Volkswagen, Ford e Fiat, para expandir e conquistar novos mercados, tais como as indústrias voltada para mineração, siderurgia e energia, além dos segmentos de alimentos, bebidas e embalagens. “Queremos ser líder em automação industrial, apoiando os clientes na construção de plantas inteligentes”, comenta a executiva. Para isso, a Balluff possui em seu portfólio soluções de alta qualidade em sensoriamento, identificação, redes industriais, rastreabilidade, segurança, bem como soluções que atendem as demandas atuais das industriais ao redor do mundo.

A história conquistada ao longo desses 35 anos em solo brasileiro, fez da planta nacional umas das mais modernas dentre todas do grupo, com equipamentos de última geração, que proporcionam alta produtividade e qualidade assegurada de todos os produtos. No último ano, a companhia investiu cerca de dois milhões de euros em desenvolvimento tecnológico, permitindo a expansão da sua capacidade produtiva, além de oferecer sensores indutivos, seguindo sua plataforma global, fazendo com que o Brasil ocupasse uma posição de destaque no grupo. Presente em 68 países, a Balluff conta com uma rede de 37 filiais de vendas, produção e desenvolvimento, bem como representações e uma equipe de mais de quatro mil funcionários ao redor do mundo.

Fonte: Imprensa/Balluf

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.