Bairro carioca reflete conceito inovador de urbanização

0 209

Ao estimular a interação dos moradores com o local em que vivem, Centro Metropolitano proporciona qualidade de vida e comodidade 

O Centro Metropolitano apresenta um modo renovado de viver para os cariocas. O complexo representará uma nova realidade para quem mora no Rio de Janeiro, principalmente na Barra da Tijuca (RJ).

Assim como na Zona Sul, toda a comodidade de estabelecimentos comerciais, opções culturais e de lazer estará ao seu alcance – privilégios que contribuirão para a comodidade e qualidade de vida dos moradores. “O grande destaque da região é trazer um pouco do conceito da Zona Sul, onde será possível ter todo tipo de serviço e de comércio a poucos metros de casa. Diferente do modelo tradicionalmente adotado na barra onde as áreas residenciais e comerciais estão localizadas em locais totalmente distintas, o centro metropolitano vai promover a diversidade de usos. O morador vai poder,ter acesso rápido aos serviços e comércio sem necessariamente tirar o carro da garagem”. destaca Daniel Xavier Fernandes, Diretor de Negócios da Brookfield no Rio de Janeiro.

UNION SQUARE - GERAL OK
Vista Geral do empreendimento. Foto: divulgação

Conhecendo todas as vantagens do novo bairro, a Brookfield Incorporações já lançou quatro empreendimentos na região. São edifícios com escritórios, lojas comerciais e apartamentos residenciais que atendem àqueles que desejam trabalhar e viver com modernidade, segurança e conforto, além de investir em um imóvel de qualidade, bem localizado e valorizado. Com mais de 2.700 unidades no local, a empresa aposta no Centro Metropolitano, que além de ser produto de um conceito mais inteligente de urbanização, é também a área que mais se desenvolve no Rio de Janeiro.

As ruas largas, com até 100 metros ­– a Avenida das Américas, por exemplo, mede 90m –, adaptadas à acessibilidade universal, sua infraestrutura de ciclovias, as praças de convivência arborizadas e modernas, além da ampla rede de serviços e comércio, hospitais, escolas e universidades em seu entorno, explicam por que o Centro Metropolitano é um bairro de grande interesse imobiliário. Ao convidar seus moradores a interagirem de forma mais humana com o local em que vivem, O Centro Metropolitano promove uma qualidade de vida sem igual em toda a cidade.

Um dos empreendimentos da Brookfield que se destaca é o Soho Residence, localizado no eixo central da região, modelo inovador que remete aos já consagrados Soho Nova-iorquino, o Palermo Soho (em Buenos Aires), o London Soho (Londres) e o Le Marais (Paris), todos com características voltadas para as artes. Assim como eles, o Soho Residence nasce em um local cercado por entretenimento, como casas de shows e shoppings, além do HSBC Arena e da Cidade das Artes.

Depois do sucesso de vendas da primeira fase, a incorporadora lança a segunda etapa, com 319 unidades de um a Três quartos, que atendem solteiros, recém-casados e famílias de todas as idades. “O empreendimento tem uma grande diversidade de apartamentos residenciais. Além disso, para maior comodidade entre os moradores, haverá à disposição cerca de 40 lojas comerciais”, explica o diretor de negócios da Brookfield Incorporações.

Nasce novo Centro no Rio  novo Centro no 

“O Centro Metropolitano será futuramente o coração da Guanabara”. A frase é de Lúcio Costa, arquiteto e urbanista que fez, há quarenta anos, o primeiro projeto do bairro inovador. Passado esse tempo, o complexo, que possui 3,5 milhões de metros quadrados, já conta com shopping center, hotel cinco estrelas, cinemas e hospital,  além de empreendimentos residenciais e comerciais à disposição dos moradores.

Mobilidade

Outro aspecto muito importante do Centro Metropolitano, que contribui para o fácil deslocamento das pessoas é a mobilidade urbana. Existem obras em andamento – investimentos que priorizam melhorias em infraestrutura e transporte, tanto no Centro Metropolitano, como em seu entorno. Além dessas vantagens, o acesso facilitado a opções planejadas de transporte público promoverá a mobilidade do morador local, que não será mais refém dos automóveis para se locomover.

A região já foi beneficiada, por exemplo, com as obras de duplicação da Avenida Abelardo Bueno e do BRT Transcarioca, que liga a Barra à Ilha do Governador. O BRT Transolímpico, que ligará a Barra a Deodoro, já está em fase de construção.

A interligação dele com as linhas do BRT Transcarioca e do BRT Transoeste, que liga a Barra à Campo Grande e Santa Cruz, facilitará ainda mais a mobilidade do morador do Centro Metropolitano, que será capaz de se deslocar para todos os bairros da cidade pagando apenas uma passagem com o Bilhete Único. Os habitantes do Centro também terão acesso a outros modelos de transporte, como metrô, VLT (veículos leves sobre trilhos), trens e barcas.

Fonte: Assessoria de Imprensa IN Press

 

 

 

Nasce novo Centro no Rio

 

 

Mobilidade

 

 

 

 

 

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.