Para o PIB crescer mais em 2018, juros precisam cair

0 78

Cabe ao Banco Central tomar medidas concretas para aumentar a concorrência e reduzir os spreads bancários

Fevereiro, 2018 – Os números do PIB de 2017, divulgados na quinta-feira (1º de março) pelo IBGE, confirmam as expectativas da Fiesp. Houve crescimento de 1% no ano, com estabilidade da indústria total e expansão de 1,7% da indústria de transformação.

Depois de duas fortes quedas, em 2015 e 2016, ano passado representou a virada para o crescimento. Vale destacar o resultado de estabilidade no dado anual do investimento, com crescimento nos últimos trimestres.

Para 2018, esperamos números melhores. O PIB total e a indústria de transformação devem crescer 3%. E o crescimento poderá ser ainda mais robusto se o sistema bancário reduzir os juros para as empresas e famílias. Cabe ao Banco Central tomar medidas concretas para aumentar a concorrência e reduzir os spreads bancários.

Há margem para isso. A taxa Selic caiu de 14,25% ao ano para 6,75% ao ano, porém os juros para os tomadores finais continuam bastante elevados.

Paulo Skaf, presidente da Fiesp e do Ciesp

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.