New Holland Construction leva retroescavadeira à colheita do arroz no Rio Grande do Sul

0 86

Retro B95B tem amplo uso no meio rural, para diversas aplicações

Realizada em Cachoeirinha, na Grande Porto Alegre, a 28ª Abertura Oficial da Colheita do Arroz é considerada o maior evento do setor arrozeiro na América Latina

New Holland Construction leva retroescavadeira à colheita do arroz no RS. Divulgação

Fevereiro, 2018 – A New Holland Construction participa da 28ª Abertura Oficial da Colheita do Arroz, entre 21 e 23 de fevereiro, na Estação Experimental do Arroz do Instituto Rio Grandense do Arroz (IRGA), em Cachoeirinha, na Grande Porto Alegre (RS). Considerado o maior encontro do setor arrozeiro na América Latina, a Colheita reúne entidades, produtores e empresas do agronegócio do arroz para mostrar em campo os últimos avanços científicos e tecnológicos na cultura do arroz, além de discutir a realidade sócio-econômica do setor.

A New Holland Construction e a concessionária Shark Máquinas exibirão a retroescavadeira B95B, juntamente aos equipamentos da New Holland Agriculture, marca que também pertence à CNH Industrial. A retroescavadeira tem requisitos de sobra para o meio rural, que cada vez mais percebe os benefícios da linha amarela nas aplicações do campo. Isso se deve a funcionalidade dos equipamentos e também à grande variedade de implementos, como garfo pallet, placa vibratória, caçambas de variados tamanhos e funções, vassoura hidráulica, perfuratrizes entre outros. “Com isso as retros, como são chamadas no dia a dia, tornam-se fundamentais em serviços como escavação, desagregação e abertura de valas com rapidez e precisão”, explica a gerente de Marketing de Produto da New Holland Construction para a América Latina, Paula Araújo.

A B95B se destaca pela agilidade, alcance, precisão e força, além de oferecer segurança na operação. Tem motor FPT turboalimentado de 4,5 litros, que oferece mais torque e potência, e transmissão Power Shuttle de quatro velocidades à frente e quatro à ré, com comando mecânico de seleção de marchas e modulação eletrônica para inversão de sentido, o que proporciona mais conforto operacional e maior rapidez nos ciclos.

A Abertura Oficial da Colheita do Arroz

A programação da Colheita para 2018 será mais técnica, de acordo com Henrique Dornelles, presidente da Federação das Associações de Arrozeiros do Rio Grande do Sul (Federarroz), entidade organizadora. O objetivo é otimizar o tempo do produtor no evento, uma vez que o período é de início dos trabalhos no campo. A programação conta com as tradicionais vitrines tecnológicas e palestras, com temas como comércio exterior, logística, infraestrutura, tributação, meio ambiente e técnicas ligadas ao manejo. Será apresentada uma nova cultiva de arroz, Irga 431 CL, resistente às principais doenças, de ciclo médio e excelente qualidade de grãos. No último dia do evento autoridades e produtores acompanharão o trabalho das colheitadeiras em uma lavoura especialmente preparada. A meta é repetir a participação de 40 caravanas, mesmo número de 2017, quando o evento contou com produtores de dez estados brasileiros e representantes de dez países.

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.