Na Semana do Meio Ambiente, Sustentabilidade dá o tom nos projetos sociais de comunidade de São Gonçalo

MRV Engenharia fomenta programas socio-educativos em Vila Lage

0 224

Rio, Junho, 2018 – Tudo começou com uma proposta simples e bem intencionada: incentivar os moradores de São Gonçalo a criarem projetos socioeducativos visando resultados eficazes para as comunidades no entorno do empreendimento da MRV Engenharia, o Reserva Solare, em Vila Lage. Isso aconteceu em setembro passado e de lá pra cá muita coisa mudou. O Edital de Apoio a Pequenos Projetos Vizinho do Bem contemplou dez projetos que já estão a todo vapor, sendo que dois deles se destacam por serem ligados à questão da sustentabilidade e do meio ambiente, temas tão preciosos e necessários ao pleno exercício da cidadania.

Projetos ligados à sustentabilidade transformam comunidade em São Gonçalo-RJ. Divulgação

O Projeto Vila Limpa e o Projeto Solo servem de estímulo para ampliar as capacidades locais em função de uma causa urgente, a saúde do planeta. O desafio de formar cidadãos conscientes, capazes de discernir entre o certo e o errado para multiplicar idéias e soluções ambientais, foi uma aposta da MRV, que vê nesse compartilhamento de ideias e soluções uma necessidade para a construção de uma sociedade saudável: “Esses projetos-piloto dando certo, serão estendido às demais localidades onde a MRV tenha empreendimentos, não apenas no Rio de Janeiro, mas no Brasil” – afirma Ricardo Blas, diretor da MRV/ MRL.

Os projetos são desenvolvidos pela MRV em parceria com o Seconci dentro da comunidade de Vila Lage, São Gonçalo, com foco na sustentabilidade. Divulgação

No Projeto Vila Limpa os moradores recebem informações sobre sustentabilidade através de material didático, visitas domiciliares e reuniões periódicas com a comunidade. O programa realiza oficinas de reciclagem de óleo em sabão artesanal, produção de adubo, criação de hortas e  arte com reciclagem. Novas turmas começam em agosto e as inscrições para os interessados poderão ser feitas com Itaicy pelo telefone 98950-4026. Serão inicialmente   3 oficinas com um  total de 20 participantes em cada. Igualmente motivador, o Projeto Solo ministra palestras sobre educação ambiental nas escolas a fim de que cada vez mais jovens e crianças desenvolvam uma percepção crítica e constatem o quanto suas práticas diárias afetam o meio em que vivem. Eles ainda têm a oportunidade de experimentar todas as questões técnicas, através de oficinas de horta e compostagem. Além disso é feita a divulgação de vídeos e outros materiais educativos com a criação de um canal nas redes sociais para disseminação de conhecimento em contato direto com os interessados. Hoje já são 60 crianças beneficiadas com essa iniciativa, atingindo indiretamente através de suas famílias cerca de 240 pessoas. Um saldo bastante positivo que espera-se que muito em breve comece a render bons frutos.

Fonte: Imprensa/Seconci-Rio

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.